Previsões Óscares 2014

Óscares 2014

O Regresso da Estátua Dourada. As nossas previsões.

Março está a chegar e com ele chegam as ambicionadas estátuas douradas que toda a gente gostava de ter a decorar a sua sala.

E a competição deste ano (86 ª) promete ser das mais disputadas dos últimos tempos.

É comum por esta altura, mil e uma previsões surgirem nos meios de comunicação tentando acertar nos vencedores. Não vou fugir da tendência geral e vou tentar a minha sorte também.

O método consiste em juntar as impressões pessoais em torno do visionamento dos filmes, as tendências e opiniões gerais da imprensa nacional e principalmente internacional e ter em conta as habituais escolhas da academia. Mas mesmo tendo em conta todos estes factores, o erro é muito possível.

Como nem todos aqueles que são os meus favoritos, acredito que sejam os preferidos da academia, vou em cada categoria nomear aqueles que são os meus favoritos pessoais e aqueles que acredito terem mais hipóteses de serem os vencedores.

Vamos então a eles.

Invertendo o roteiro habitual que deixa os prémios mais ambicionados para o fim, por forma a criar suspense. Vou começar precisamente pelo prémio para o Melhor Filme.

Os nomeados:

 “Golpada Americana”; “Capitão Philips”; “ O Clube de Dallas”; “Gravidade”; “Her”; “Nebraska”; “Filomena”; “12 Anos Escravo”; “O Lobo de Wall Street”.

Dificilmente poderiam ser juntos no mesmo concurso, um grupo mais díspar de obras cinematográficas.

Temos filmes intimistas e de grande espectacularidade, orgias visuais e conceptualismo, preto e branco e todas as cores do arco iris, 2D e 3D, etc.

“12 Anos Escravo” vem com alguma vantagem, tendo ganho um Bafta e um Globo de Ouro, seguido de perto pela “Golpada Americana”, que ganhou um Globo de Ouro e é o filme com mais nomeações. Mas existe também um filme extraordinário chamado “Gravidade” que é diferente de tudo o que já se viu.

Apesar da forte concorrência dificilmente o vencedor será outro que não um destes três filmes, sendo o outsider mais provável, o também excelente mas extremamente conceptual “Her”.

O meu filme preferido: “12 Anos Escravo”.

O filme que provavelmente vencerá: “12 Anos Escravo”.

Passemos agora para os Realizadores.

Os nomeados:

David O. Russell /“Golpada Americana”; Alfonso Cuarón/ “Gravidade”; Alexander Payne/ “Nebraska”; Steve McQueen/ “12 Anos Escravo”; Martin Scorsese/ “O Lobo de Wall Street”.

Ao longo dos anos, uma tendência tornou-se numa tradição, o Óscar para o melhor realizador, é habitualmente atribuído para o realizador do melhor filme.

Nem sempre acontece, mas acontece na maioria das vezes. Se for esse o caso provavelmente Steve McQueen regressará ao seu lar com a sua primeira estatueta.

Contudo a tradição pode perfeitamente ser quebrada este ano, uma vez que Alfonso Cuarón tem ganho tudo o que há para ganhar.

O “intruso” mais provável será David O. Russell, apesar de a Academia adorar Scorsese

O meu preferido: Alfonso Cuarón

O Provável Vencedor: Steve McQueen.

A categoria seguinte é Melhor Actor e estão aqui algumas interpretações impressionantes.

Os nomeados:

Christian Bale / “Golpada Americana”; Bruce Dern / “Nebraska”; Leonardo DiCaprio / “O Lobo de Wall Street”; Chiwetel Ejiofor / “12 Anos Escravo”; Matthew McConaughey /“O Clube de Dallas”.

Christian Bale e Leo Dicaprio com interpretações brilhantes e completamente diferentes do que estamos habituados a vê-los fazer, colocam a fasquia bem alta. Bruce Dern e Chiwetel, irrepreensíveis e poderosos, ameaçam agarrar o homenzinho dourado, mas desta vez temos de contar com um Matthew McConaughey de outra galáxia.

Alguns críticos baseiam o favoritismo de McConaughey no facto de ele ter perdido imenso peso e isso ser para a academia um enorme plus. Mas dizer que a interpretação de McConaughey de um cowboy seropositivo se resume ao emagrecimento corporal é o mesmo que dizer que o Taj Mahal impressiona apenas pelo tamanho!

McConaughey torna-se Ron Wooddroof durante os 117 minutos do filme. E isso é Impressionante.

Apesar de Chiwetel, Bale, DiCaprio e mesmo Dern, estarem muito perto e poderem em última análise provocar uma surpresa….

O Meu Favorito: Matthew McConaughey.

O Provável Vencedor: Matthew McConaughey.

Segue-se o Óscar para a melhor actriz.

As nomeadas:

Amy Adams/ “Golpada Americana”; Cate Blanchett/ “Blue Jasmine”; Sandra Bullock/ “Gravidade”; Judi Dench/ “Filomena”; Meryl Streep/ “Um Quente Agosto”.

A Australiana Cate Blanchett é a superfavorita pela sua actuação brilhante em “Blue Jasmine”. Contudo essa superioridade tem sido atenuada pela polémica (mais uma) que envolve o realizador Woody Allen, o que por muito que o tentemos desvalorizar, não deixa de ter importância…

Por outro lado, Amy Adams tem ganho momentum e a sua actuação como uma vigarista de bom coração em “Golpada Americana”, pode arrebatar o Óscar.

Vai ser um duelo interessante, que pode ainda contar com a interferência de Sandra Bullock, que tem o enorme mérito de carregar um filme inteiro nas costas.

O que não é dizer pouco.

A minha favorita: Cate Blanchett.

A Provável Vencedora: Cate Blanchett.

Analisemos agora os nomeados para Melhor Actor Secundário:

Barkhad Abdi/”Capitão Phillips”; Bradley Cooper/”Golpada Americana”; Michael Fassbender/”12 Anos Escravo”; Jonah Hill/”O Lobo de Wall Street”; Jared Leto/”O Clube de Dallas”.

Confesso que esta categoria é uma das que mais me divide. A razão? Michael Fassbender e Jared Leto.

Sem desprimor para nenhum dos outros actores, estes dois estiveram a outro nível.

Leto interpreta com genialidade Rayon, um excêntrico e amistoso crossdresser que junto com Ron Woodroof (Matthew McConaughey) funda o Clube de Dallas. Michael Fassbender dá corpo a Edwin Epps, um fanático religioso, esclavagista e escravo das suas próprias pulsões, que mistura loucura com profecias e crueldade com ordem. Um sonho para qualquer actor, dada a profundidade e complexidade da personagem. Fassbender é magistral!

Não acredito em grandes surpresas nesta categoria e a luta deve ser a dois, estando talvez o estreante Barkhad Abdi mais próximo dos favoritos.

O Meu Favorito: Jared Leto

O Provável Vencedor: Jared Leto

 

E agora demos lugar às senhoras e observemos as nomeadas a Melhor Actriz Secundária:

Sally Hawkins/ “Blue Jasmine”; Jennifer Lawrence/ “Golpada Americana” ; Lupita Nyong’o/ “12 Anos Escravo”; Julia Roberts/ “Um Quente Agosto”; June Squibb/ “Nebraska”.

Jennifer Lawrence arrasou no ano passado e desde então tem somado triunfos e popularidade. Este no entanto deve ser o ano de Lupita Nyong’o. A descendente de Quenianos arranca uma sublime performance enquanto Patsey em “12 Anos Escravo”, sendo na minha opinião uma impensável injustiça entregar o Óscar a qualquer outra actriz.

A minha favorita: Lupita Nyong’o

A Provável Vencedora: Lupita Nyong’o

 

E dos Óscares principais estamos falados. Em nome da síntese e do bom senso, no que diz respeito aos Óscares remanescentes, indicarei apenas de forma resumida, as minhas apostas.

Melhor Filme Estrangeiro – O Meu Favorito e Provável Vencedor: “ A Grande Beleza” – Itália.

Melhor Filme de Animação – O Meu Favorito: “ The Wind Rises”; Provável Vencedor: “Frozen”.

Melhor Argumento Original – O Meu Favorito: “ Golpada Americana”, Eric W. Singer e David O. Russell; Provável Vencedor: Her, Spike Jonze.

Melhor Argumento Adaptado – O Meu Favorito e Provável Vencedor: “12 Anos Escravo”, John Ridley.

Melhor curta-metragem de animação – O Meu Favorito: “Mr. Hublot”; Provável Vencedor: “Get a Horse! ”.

Melhor Documentário – O Meu Favorito: “ The Art of Killing”; Provável Vencedor: “Square”.

Melhor Curta-metragem Documentário – O Meu Favorito e Provável Vencedor: “The Lady in Number 6: Music Saved My Life

Melhor curta-metragem – O Meu Favorito e Provável Vencedor: “The Voorman Problem”.

Melhor canção original – O Meu Favorito e Provável Vencedor: “Ordinary Love”, Mandela, Longo Caminho para a Liberdade.

Melhor banda-sonora original – O Meu Favorito e Provável Vencedor: “Gravidade”, Steven Price.

Melhor fotografia – O Meu Favorito e Provável Vencedor: “Gravidade”.

Melhor montagem – O Meu Favorito e Provável Vencedor: “ Gravidade”.

Melhor montagem de som – O Meu Favorito e Provável Vencedor: “ Gravidade”.

Melhor mistura de som – O Meu Favorito e Provável Vencedor (sim, continua a ser…): “ Gravidade”.

Melhores efeitos visuais – O Meu Favorito e Provável Vencedor (Não adormeci…): “Gravidade

Melhor caracterização – O Meu Favorito: “Bad Grandpa”; Provável Vencedor: “O Clube de Dallas”.

Melhor cenografia – O Meu Favorito: “O Grande Gatsby”; O Provável Vencedor: “Golpada Americana”.

Melhor guarda-roupa – O Meu Favorito e Provável Vencedor: “ Golpada Americana”.

 

Bons filmes e até para o ano…

 

 

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This