H2x1_NSwitch_12Switch

1-2-Switch | Análise

Compra as cervejas, junta os amigos e prepara-te porque 1-2-Switch vai revolucionar as tuas jantaradas!

Chegou a Nintendo Switch e com ela 1-2-Switch pronto para mostrar tudo aquilo de que a Switch é capaz de fazer logo no seu lançamento. Para muitos pode parecer apenas um tech demo da consola, mas a verdade é que 1-2-Switch é muito provavelmente o jogo com o qual mais te vais divertir nos próximos tempos. 1-2-Switch é o jogo que te vai obrigar a levar a Nintendo Switch para todo o lado sempre que te fores juntar com os teus amigos e família. Aliás, à conta da Nintendo Switch, em pouco mais do que um fim-de-semana, consegui jogar com a minha mulher (coisa que praticamente nunca consegui fazer em toda a nossa vida em conjunto), jogar com os meus melhores amigos e ainda, o mais incrível, consegui jogar com o meu sogro, agricultor de profissão e que ainda detém o recorde cá de casa de Milk, o mini-jogo em que ordenhamos vacas. Isto é uma coisa séria!

Partilho convosco estes pormenores porque é importante frisar que 1-2-Switch é um jogo que deve ser desfrutado em simultâneo com mais pessoas e nunca sozinho. Para todos aqueles que gostam de jogar sem companhia, qual monge no isolamento, este não é de todo o jogo que devem comprar. Não obstante, assim que começamos a jogar em conjunto com outra pessoa, rapidamente começamos a ganhar o gosto por estes mini-jogos e pelas suas mecânicas fora do comum. Começamos com uma selecção pequena de mini-jogos para nos ambientar às mecânicas da Switch, para depois o jogo desbloquear a selecção completa de 28 mini-jogos disponíveis e podermos escolher o mini-jogo que queremos jogar a qualquer momento. Existem alguns modos diferentes e, por exemplo, no Team Battle Mode duas equipas vão alternando os joy-con entre si, opondo os jogadores um contra um. O vencedor tem direito a avançar no tabuleiro de jogo, consoante a sua sorte e os jogadores terão de jogar ao mini-jogo específico da posição no tabuleiro onde calhou. Sempre assim, até que uma equipa chegue ao objectivo final e vença. Os mini-jogos também podem ser jogados individualmente, sem precisarmos de alternar entre os vários disponíveis. No menu de selecção dos mini-jogos existem umas pequenas malaguetas no canto inferior esquerdo que identificam o grau de dificuldade de cada um. Os jogadores que procurarem desafios maiores terão de procurar escolher um mini-jogo com um número maior de malaguetas e vice-versa para aqueles que procurem experiências mais descontraídas. Independentemente disso, há que ressalvar que os joy-con funcionam lindamente e a Nintendo parece ter alcançado finalmente o pico do desenvolvimento dos controladores com detectores de movimento. A diversão é acompanhada por um funcionamento excelente das capacidades da Nintendo Switch, apenas com algumas falhas momentâneas e que foram por culpa da pessoa que tinha o joy-con na mão (ou porque se afastou demasiado da Switch ou porque simplesmente não seguiu os comandos da consola à risca).

A grande diferença de 1-2-Switch em relação a tudo o resto, é que na maioria dos mini-jogos disponíveis, a consola convida os jogadores a olhar directamente nos olhos dos seus oponentes e não para o ecrã. E é aí que 1-2-Switch é uma experiência tão bem sucedida, mesmo apesar de ser um jogo de consola, porque acaba por funcionar de uma forma excelente num meio social como se de um jogo de tabuleiro se tratasse. A boa disposição está garantida! Os comandos de cada mini-jogo chegam através das colunas da televisão ou através dos próprios comandos com a vibração HD de que a Nintendo tanto se gaba e, devo dizer, com todo o mérito. Ainda assim, a verdade é que apesar de funcionar muito bem num ambiente de festa, o silêncio terá que imperar quando as ordens são dadas nas colunas da televisão. Curiosamente, tendo eu a sala colada à cozinha, vários foram os momentos em que tivemos de parar de jogar porque o exaustor não nos deixava ouvir o que era ordenado pela Switch.

Na sua totalidade, 1-2-Switch disponibiliza 28 mini-jogos para a diversão do vosso grupo de amigos. Cada jogo é único e capaz de proporcionar momentos hilariantes. Cá por casa os nossos mini-jogos favoritos foram o duelo de cowboys, o jogo de equilíbrio de pratos, o de fazer a barba, o duelo de feiticeiros, o desafio de comer hambúrgueres e, como não podia deixar de ser, o jogo de mungir vacas. Na maioria dos 28 mini-jogos, estamos a falar de jogos com mecânicas de jogabilidade bastante simples e que qualquer pessoa, de qualquer idade, consegue chegar e jogar. 1-2-Switch vai fazer da Nintendo Switch a nova rainha das consolas para os jantares de sexta e sábado com o seu novo conceito de jogo – uma espécie de jogo de tabuleiro de alta tecnologia. Desde o lançamento da Wii original que a Nintendo não oferecia ao mercado dos videojogos um título tão forte neste departamento. Os 28 mini-jogos são mais do que suficientes para oferecer variedade durante várias horas e cada um é único na sua jogabilidade. Os momentos que proporcionam são sempre divertidos e 1-2-Switch chega pronto para fazer os jogadores levantar-se do sofá. Tu vais ficar quieto?



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This