rdb_mude1ano_thumb

1º Aniversário do MUDE

MUDE e a Baixa/Visita Guiada Musicaandando.

No segundo dia de comemoração do 1º Aniversário do MUDE – Museu do Design e da Moda, dia 22 de Maio, realizou-se um debate á volta da temática, a Baixa, tendo como tópicos, revitalizar e reanimar o centro histórico. Estiveram presentes, Bárbara Coutinho, Directora do MUDE, que assumiu o papel de moderadora, António Campos Rosado, Gestor Cultural e Presidente da Associação de Moradores da Baixa Pombalina, António Manuel, Presidente da Junta de S. Nicolau, Vasco Melo, Presidente da União das Associações do Comércio e Serviços, Ana Paula Cunha, Directora da Unidade de Projecto Baixa – Chiado, e dois representantes da iniciativa Baixa’09.

A Directora do MUDE, fez a abertura da conversa, que teve como propósito discutir a Baixa, os seus problemas, como melhorá-los, a sua revitalização arquitectónica e cultural. “ Quais os limites desta Baixa?”, “ Haverá a vontade de a reanimar ou reabilitá-la culturalmente?”. É passada a palavra a Ana Paula Cunha que fala-nos do Plano de Pormenor da Baixa, que tem como um dos objectivos, reabilitar edifícios na Baixa e salvaguardar o que existe além de dinamizar o espaço público circundante.

“ É um processo aberto, vivo, polivalente, o projecto estruturante para a Baixa”, diz António Manuel, Presidente da Junta de Freguesia de S. Nicolau, que quando questionado pela RDB, sobre as condições em que vivem  a maioria dos habitantes da Baixa, segundo o mesmo entre os 18-35 anos. Afirma que as condições de arrendamento não são as mais favoráveis. As rendas são bastante elevadas devido ao facto de muitos edifícios estarem danificados, e a maioria dos proprietários não pretenderem a sua reabilitação.

Nesta conversa são focados mais aspectos que impossibilitam a Baixa de evoluir, de se tornar uma área ainda mais agradável para novos e velhos residentes, e mais convidativa  turisticamente. Como, a existência de demasiados sinais, a calçada de má qualidade, a recolha de lixo selectiva que não existe.

A iniciativa Baixa’09, um projecto desenvolvido pelos ateliers de arquitectura Kaputt e Moov, teve como principal objectivo, a discussão sobre modelos de revitalização e reabilitação para a Baixa de Lisboa, explica Sérgio Antunes, representante do atelier Kapput.

É deixada a sugestão, por Bárbara Coutinho, para que mais conversas como esta se realizem com mais frequência no MUDE, tornando-se um espaço aberto a ideias sobre variados temas, o que só poderá enriquecer o Museu e os seus visitantes.

O último dia de celebração do 1º aniversário do Museu do Design e da Moda terminou com o “Musicaandando”, uma visita guiada, em que o público segue os músicos, e vão descobrindo as obras do MUDE, ao som do Jazz de Gonçalo Prazeres, saxofonista e Marisa Teixeira, cantora, que diz” Aceitei porque achei que seria interessante…. E acho que é sempre bom dar de beber outras coisas ás pessoas” “E porque não, a música, o jazz, enquanto estão a ver arte?”

E que o MUDE comemore, muitos aniversários, cada vez mais com um espírito inovador.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This