15º Festival Intercéltico do Porto

O festival folk mais descentralizador do país decorre entre 1 e 10 de Abril um pouco por todo o lado.

Entre 1 e 10 de Abril, e apesar da sugestão do nome, o Festival Intercéltico do Porto não se restringe à sua cidade-natal, percorrendo o país com o que de melhor se faz na música folk mundial. O conceito de descentralização do festival já existe há dois anos, passando em 2005 pela Praia da Vitória (Açores) a 1 e 2 de Abril, com paragens obrigatórias em Lisboa, Porto e Arcos de Valdevez, para encerrar a dia 10 em Montemor-o-Novo.

Da Irlanda, país rico em música folk, chega-nos os cabeças-de-cartaz Danú, banda que conquistou o BBC Folk Award no ano passado e que é provavelmente a mais popular no circuito folk internacional. Também os North Cregg, característicos por fundir a música de dança tradicional do seu país com sons da Escócia e do Quebeque, vêm representar a Irlanda nesta 15ª edição do Festival Intercéltico do Porto.

A Galiza é aqui representada por uma banda já bem conhecida do público português, os Luar na Lubre. Nesta próxima visita por terra lusas, trazem consigo uma razão ainda maior para que se assista ao seu espectáculo, Sara Vidal, que nasceu em Lisboa e juntou-se recentemente ao colectivo. Conta já com a participação no último álbum da banda, “Hai un Paraíso”. Também da Galiza, chega a gaiteira Susana Seivane, um dos maiores talentos actuais da música tradicional galega e que vem apresentar o seu terceiro disco, “Mares de Tempo”.

Portugal tem nesta edição uma maior visibilidade numa tentativa de promover um diálogo entre as diversas regiões do país. A representação é assim feita pela música tradicional mirandesa dos Galandum Galundaina, e o seu recente “Modas i Anzonas”, as raízes açorianas da Ronda da Madrugada, grupo iniciado por Roberto Freitas e Ernesto Bica com base em temas compostos pelos dois, a partir das suas experiências anteriores em grupos de música tradicional. Há ainda espaço para a tradição oral madeirense dos Xarabanda, os Quadrilha com “A Cor da Vontade” e os Roldana Folk com “Gincana”.

O Intercéltico arranca dia 1 na Praia da Vitória com os Ronda da Madrugada e Roldana Folk; continuando no dia seguinte com os Xarabanda e Susana Seivane. No Porto, cidade berço do Festival, passarão grupos como os Quadrilha e Susana Seivane no dia 7, Galandum Galundaina e North Cregg no dia 8, e a fechar no dia 9 actuam os Xarabanda e os Danú.

Lisboa recebe nos mesmos dias 7 e 8, respectivamente os Danú e Luar na Lubre; enquanto Arcos de Valdevez recebe os Quadrilha e North Cregg nos dias 8 e 9 de Abril. Montemor-o-novo tem o mesmo programa de Lisboa, só que nos dias 8 e 9, contando então com os Danú e Luar na Lubre.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This