16º Festival de Cinema luso-brasileiro de Santa Maria da Feira

O 16º Festival de Cinema luso-brasileiro de Santa Maria da Feira, a acontecer de 2 a 9 de Dezembro, evoca Glauber Rocha, Rogério Sganzerla e Mário Peixoto. No âmbito do programa monográfico dedicado a Joel Pizzini serão exibidos três filmes deste realizador, que permitem um contacto com a obra de três dos maiores cineastas brasileiros de sempre: Glauber Rocha, Rogério Sganzerla e Mário Peixoto. “Anabazys” (co-realizado com Paloma Rocha), SEX, Dia 7, 16h00, é uma incursão no processo criativo de Glauber. Após a exibição do filme haverá uma conversa em torno do universo de Glauber Rocha, conduzida pelo crítico João Lopes.

“Mr. Sganzerla, Os Signos da Luz”, SEX, Dia 7, 00h15, é um filme-ensaio que recria o ideário do cineasta Rogério Sganzerla através dos signos recorrentes na sua filmografia: Orson Welles, Noel Rosa, Jimi Hendrix e Oswald de Andrade. Narrado na primeira pessoa, a partir de imagens raras e situações encenadas com personagens-chave, o filme revela a cosmovisão de Sganzerla e age como reflexão sobre o seu percurso inventivo.

“Mar de Fogo”, DOM, Dia 9, 19h00, que terá a sua estreia mundial em Santa Maria da Feira, é um filme que arrisca penetrar na iconografia de Mário Peixoto, autor de “Limite”, considerado como um dos filmes mais poéticos do cinema brasileiro.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This