MONSTRA 2014

MONSTRA 2014

Até 23 de Março, a animação está à solta em Lisboa.

O Festival de Animação de Lisboa “A MONSTRA” está de regresso neste dia 13 ficando connosco até 23 de Março. Numa altura em que se comemora o centésimo aniversário do primeiro filme de animação Húngaro, “Zsirb Odon”, realizado por István Kató e 30 anos de “Tempos Heróicos”, a primeira longa-metragem em pintura, de József Gemes, o país homenageado só podia ser mesmo a Húngria. De forma a dar a conhecer a força da animação húngara o programa deste ano irá contar tanto com retrospectivas dos seus grandes mestres (Ferenc Rófusz, Ferenk Cakó, Marcell Jankovics, Istvan Orosz, Csaba Varga, György Kovasznai) como dos realizadores mais prolíficos da actualidade (Réka Temple, Geza Tóth, Béla Klingl, Alexei Alexeiev e Áron Gauder).

Na programação dedicada a clássicos de todo o mundo, este ano o destaque maior vai para a homenagem aos 100 anos de Norman McLaren, um aniversário que contará com uma retrospectiva e masterclass sobre o autor. Logo a seguir temos de destacar a comemoração dos 50 anos da Pantera Cor-de-Rosa e do filme “Animal Farm” de John Halas e Joy Batchelora, que continua a ser, ainda hoje, uma adaptação bem amada do clássico de George Orwell – apesar da alteração do seu final. Também “Wallace & Gromit” merecem ser recordados, uma vez que comemoram 25 anos desde a exibição da sua primeira curta.

De salientar ainda a sempre presente “Monstrinha” (para os mais novos) e a criação das sessões “DokAnim” e “TerrorAnim”, dedicadas ao documentário e terror, respectivamente. Também a estreia em Portugal de “Asas do Vento”, o mais recente filme de Hayao Miyazaki, não passará despercebida, arriscando-se a ser a sessão mais preenchida do festival.

Em adição, poderemos contar ainda com exposições tanto clássicas como vanguardistas e um encontro sobre “Imagem e movimento para além do ecrã”, o qual pretende debruçar-se sobre novas áreas de interesse da animação que poderão criar novos e diferentes caminhos no desenvolvimento desta arte.

Contudo, a maior novidade deste ano terá de estar relacionada com o facto de pela primeira vez a MONSTRA contar em paralelo com as competições tanto das curtas como das longas-metragens. Uma opção que esperemos venha para ficar. De resto, como sempre, a animação será Rainha e Monstra da próxima semana, com cerca de 69 países a representarem o que de melhor se faz nesta arte.

O programa desta 13º edição – que passará pelo São Jorge, Cinema Citi Alvalade, Museu da Marioneta, BES Arte e Finança e Fnac – poderá ser consultado na íntegra no site do festival.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This