paredesdecoura_2014_4

A aura de Paredes de Coura

A boa música a casa torna. E com ela todo o ambiente inerente ao festival. O Vodafone Paredes de Coura abraçou mais uma vez a magnificência e tranquilidade das margens do rio Coura na Praia Fluvial do Tabuão, de 20 a 23 de Agosto, com uma enchente que excedeu as expectativas.

Como se as promissoras bandas que pisam desde a primeira edição os palcos do maior anfiteatro natural do país não fossem suficientes, a coerência musical, os rasgos de arte e os apontamentos de estilo, que vão desfilando do campismo até à vila, completam o cenário.

paredes de coura 2014

paredes de coura 2014

Naquele que é já considerado o melhor festival do país – e certamente o mais acolhedor de todos – o estilo assume um papel primordial. O espírito dos fiéis intervenientes concebe a aura deste festival. Os tecidos escolhidos são os mais simples e práticos que se conseguem encontrar no meio das minúsculas casas que habitamos ao longo desta semana; os padrões são mais que muitos e espalham-se pelos mais variados símbolos e cores, tornando-se especiais em si próprios pela coordenação sublime que quem os usa faz deles. As máquinas digitais são deixadas em casa e as máquinas descartáveis e lomográficas deixam-se conhecer por entre as árvores. Cabelos coloridos, coroas de flores, chapéus, óculos e vestidos vintage, camisolas de bandas e disfarces carnavalescos completam o cenário.

paredes de coura 2014

paredes de coura 2014

paredes de coura 2014

A preocupação sempre constante por parte da organização faz a diferença e quem experimenta as longas tardes de rio, as viagens de barco de margem para margem e a experiência psicadélica e apaixonante que é ver um concerto no palco principal, promete sempre voltar. De um momento para o outro, somos abraçados por este pequeno mundo e tornamo-nos também nós um elemento fundamental do espetáculo.

Não há ambiente de festival como este. A ideia não é mostrar as últimas tendências mas sim ser livre e o mais sincero possível para com o nosso próprio ser. Por momentos entramos num país das maravilhas alternativo, onde ninguém consegue encontrar uma descrição mais minuciosa de felicidade. São instantes que valem pela vida.

 

paredes de coura 2014

paredes de coura 2014

paredes de coura 2014

paredes de coura 2014

paredes de coura 2014



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This