woods-band

A mensagem de amor dos Woods em Portugal

Desde a última vez que nos visitaram (em Paredes de Coura, 2015), os Woods lançaram o maravilhoso “City Sun Eater in the River of Light”, um disco que os levou a explorar áreas novas desde o Reggae ao Jazz Africano, com uma instrumentação de sopro que lhes permite uma forma deliciosa de vaguearem por novos caminhos e ofereceram algo novo além do seu já bem estabelecido psych-rock, com as melodias tão bonitas que sempre os caracterizaram.  Porém, e embora estejamos ansiosos de sentir ao vivo este disco de 2016, o quinteto de Brooklyn traz na bagagem mais música que ainda não ouvimos (e com isto tudo já quase nem nos lembrávamos que Kevin Morby chegou a acompanhar o grupo durante uns 4 anos).

“Love is Love”, o 10º disco da banda (desde 2005, whoa!) que será lançado a 19 de Maio, foi composto e gravado nos dois meses que se seguiram às eleições norte-americanas e no contexto tempestuoso ainda mais incendiado pelo Brexit. Jeremy Earl, vocalista da turma, refere-se mesmo a isto como uma espécie de efeito dominó, que sente a propagar-se para a Europa. Contudo, a banda quis transmitir através de um post no seu Facebook (que podem e devem ver com mais atenção aqui) que o novo disco não nasceu inteiramente de raiva contra o que a América se está a tornar mas que, em vez disso, escolheram antes fazer uma meditação sobre o amor e sobre o que a vida significa por estes dias. O single já lançado, com título homónimo do novo disco, segue o som do lançamento anterior mas onde se percebe uma direcção lírica diferente

Here comes the lies we live in // It takes a lonely vision // A walk down an empty sidewalk // Coming home to you.

Entende-se bem a mensagem, não?

Não consigo encontrar nenhum motivo para faltar a este último concerto dos Woods nesta tour europeia. Vamos lá dar todos as mãos e cantar o amor no próximo Sábado 8 de Abril, no Musicbox?



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This