A Tempestade

Pela mão da Produções Teatrais Próspero, uma das peças mais simbólicas de Shakespeare estará em cena até 15 de Fevereiro no Teatro São Luíz.

A peça “A Tempestade”, de William Shakespeare, estará em cena até ao dia 15 de Fevereiro no Teatro São Luíz. É uma bela oportunidade para ver aquela que é uma das peças mais simbólicas de Shakespeare, pois é entendida por muitos como a despedida do autor.

A peça contém cenas hilariantes e românticas, ao mesmo tempo que reflecte uma preocupação universal com a rectificação do mal através da descoberta pessoal. Os temas principais nela contidos são, o triunfo do mal sobre o bem, a ambição do domínio, o confronto natureza/saber e a reconciliação. São também discutidos conceitos de Poder e a sua legitimidade, ideias de Magia e de Natureza e a relação destes com o valor das Ciências, da Justiça, da Misericórdia, da Liberdade e da pura alegria de viver.

A encenação está a cargo do conhecido inglês Tim Carrol, director do London Globe Theatre. Aqui, o papel de Próspero, um senhor e mestre-de-cerimónias de uma ilha encantada, foi convertido numa personagem feminina. Próspera, é mãe de Miranda, a princesa virtuosa, e a sua autoridade, situada entre a fúria e a clemência, toma um carácter diferente.

Esta é a primeira produção das Produções Próspero e também uma cooperação entre Portugal e o Reino Unido. Conta com actores portugueses de renome como André Gago, Diogo Dória, Diogo Infante ou João Lagarto. Será ainda complementada por uma Workshop, que decorrerá no dia 27 de Fevereiro.

Depois de estar em cena no Teatro São Luíz, a peça passará a ser itinerante. Até ao fecho da edição, só tínhamos conhecimento de que passaria também pela Figueira da Foz. Os outros locais que receberão “A Tempestade” ainda não foram confirmados, mas fica a certeza de que não se limitará aos espectadores lisboetas.



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This