rdb_cigarraformiga_header

A Verdadeira História da Cigarra e da Formiga

Provando que não existem arranjos impossíveis, o teatro invadiu, pacífica e interessantemente, o cinema. Sim, leram bem.

A Elenco Produções que nos habituou a uma qualidade superlativa com Cinderela XXI, A Ilha do Tesouro e, fundamentalmente, Zorro, leva agora a cena, perdão, às salas do UCI Arrábida, a peça “A Verdadeira História da Cigarra e da Formiga”. O cenário real aliado à projecção na tela dá o mote para esta peça infantil que, como é óbvio, pode ser apreciada em qualquer faixa etária.

Os ingredientes são simples: quatro actores e um cenário tão interactivo que se aproxima de ser mais uma personagem. Contudo, esta simplicidade permite-nos apreciar a brilhante concepção do texto e da sua encenação.

“A Verdadeira História da Cigarra e da Formiga” traz até nós o mundo alargado deste conto popular, com novas personagens e muito humor. O desempenho dos jovens actores é, deveras, exigente dada a multiplicidade de situações em que se encontram, mas a forma desenvolta e a animação que transmitem ao público, desde os mais pequenos aos mais crescidos, demonstra o seu profissionalismo e empenho.

O mesmo se percebe pela forma como a Elenco Produções, de Bruno Galvão e João Ribeiro, tem vindo a surpreender-nos. Depois dos grandes sucessos que foram as temporadas de Zorro no Porto e em Lisboa, com participação de Manuel Moreira e Cláudia Vieira, esta jovem e dinâmica produtora decidiu aproximar dois mundos instalando-se nas salas de cinema do Arrábida Shopping. Concorrendo com as astronómicas produções de Hollywood, a equipa tem assegurado um sucesso ímpar nesta iniciativa que conta já com dezassete mil crianças na plateia e com sessões consecutivas para que toda a família possa usufruir do espectáculo.

A Verdadeira História da Cigarra e da Formiga - Fotografia de Andreia Filipa Cardoso

A Verdadeira História da Cigarra e da Formiga - Fotografia de Andreia Filipa Cardoso

Em exibição até ao final de um ano, é uma oportunidade imperdível para assistir a esta história interpretada por Inês Aires Pereira, Ana Queirós, Pedro Luzindro e Diogo Valsassina e encenada por Rui Melo.

Por isso, este Natal vá ao teatro…num cinema perto de si!

 

Texto: Fernando Miguel Santos
Fotografia: Andreia Filipa Cardoso

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This