Adidas & Yamamoto

Um dos estilistas Japoneses mais conceituados do momento juntou-se à Adidas para a criação de algo completamente diferente.

Numa tentativa constante de actualização e de acompanhamento da moda, a Adidas lançou em 2000 uma colecção denominada Y-3 que tem nada mais, nada menos, do que Yohji Yamamoto à frente do design da mesma.

O nome desta colecção deriva da primeira letra do nome do estilista e das famosas três riscas da marca e abrange desde roupa, a acessórios e a ténis. Trata-se de uma colecção não acessível à carteira comum e que apaga por completo a ideia de que os ténis da Adidas eram uma marca “do povo”, mas que representa hoje 5% do volume total de vendas da Adidas o que, traduzido em números, representa 350 milhões de dólares. Só para terem uma ideia, o modelo mais “barato” à venda na shoesvictim.com custa uns módicos 550 €. A exclusividade tem os seus custos…

A moda ainda não chegou a Portugal mas tem feito furor um pouco por todo o mundo. A colecção move-se desde o futurismo ao alto rendimento orientado a encontrar a sua própria inspiração na habilidade artesanal e na autenticidade. Todos os modelos de ténis são feitos em pele de canguru. Vejamos então quem é este senhor Yamamoto e o que faz com que um par de ténis assinados com o seu nome atinja os já referidos preços.

Yohji Yamamoto nasceu em Tóquio em 1943 e estudou moda na já conhecida escola de Bunkafukuso Gakuin. O constante tumulto de design e emoção presente nas suas criações é também resultado da sua faceta de auto-didacta. Este homem é atraído por história, fotografia, literatura, música e arquitectura. Também busca inspiração nas cores e no design das cidades.

Em 1981 apresentou a sua primeira colecção “Y” em Paris, onde um crítico afirmou que as suas roupas pareciam restos de uma explosão nuclear e que faziam lembrar o fim da guerra. Apesar desta forte crítica, as pessoas ficaram admiradas pela sua simplicidade e, como tal, reuniu uma legião de seguidores.

Tem a ideia de que a funcionalidade prevalece sempre perante a estética e isso reflecte-se nas suas criações. Criações essas que são fortes e obscuras e onde o preto, o navy blue e o branco prevalecem. Yamamoto e Rei Kawakubo são considerados os responsáveis pela introdução da moda urbana, escura, hip e artística que teve início nos anos 80. Yamamoto luta pela universalidade, roupas que possam ser aceites em qualquer parte do globo, especialmente em França e nos Estados Unidos.

Hoje, já foi condecorado com o prémio francês Chevalier de l’Ordre des Afts et Lettres e dirige uma companhia que lucra cerca de 100 milhões de dólares por ano segundo a revista Elle. Ninguém diria a julgar pela primeira crítica que recebeu…

Fotografia por Adidas



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This