Amadou & Mariam | Coliseu de Lisboa | 25 de Abril

Amadou Bagayoko e Mariam Doumbia, o casal de músicos do Mali, uma guitarra blues, duas vozes interlaçadas e uma história de amor cantada em vários palcos, oferece-nos, a 25 de Abril, um espetáculo único no Coliseu de Lisboa. É hora de FOLILA!

Nos últimos anos, tocaram com Stevie Wonder, fizeram digressões com Colplay, U2, David Gilmour e Johnny Marr, actuaram em honra de Barack Obama e na abertura de dois mundiais da FIFA. Manu Chao e Damon Albarn já produziram os seus discos. Passaram dos palcos da música do mundo para os mais inovadores nomes do rock, envolveram-se em projectos interculturais como ‘L’Afrik C’est Chic’. Levaram, no ano passado, uma plateia portuguesa a mergulhar num Eclipse memorialístico das suas biografias, emocionante contacto com a sua música, convite a uma maior proximidade com os músicos, desde cedo invisuais.

Acompanhados com a sua banda, apresentam neste concerto o álbum Folila, da Nonesuch Records que, na linha habitual de projectos colaborativos, contou com a participação de músicos como Santigold, Theophilus London, Jake Shears das Scissor Sisters, Ebony Bones, TV on the Radio e Nick Zinner dos Yeah Yeah Yeahs. Amadou e Mariam alegram-se na partilha de canções e ideias com outros músicos, contágio gratificante mas sem grandes sensacionalismos e na condição de nunca perderem de vista aquilo que querem e sabem fazer: rock e blues, a partir de elementos da música africana. Se Folila em bambara quer literalmente dizer ‘música’, é o exemplo acabado de como tradição e modernidade podem convergir num universo musical comum, proveniente de vários tempos e lugares, uma simultaneidade possível onde eles se situam.

Folila é primeiro álbum em estúdio de Amadou e Mariam desde Welcome to Mali (2008). Tratava-se inicialmente de dois álbuns: o primeiro gravado em Nova Iorque com músicos indie e rock, e um outro ao encontro de uma certa origem musical, dir-se-ia mais tradicional, remetendo para a música maliana, gravado na cidade natal Bamako, com convidados africanos e percussão acústica.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This