Festivais



NÃO HÁ PANDEMIA QUE CORTE A RAÍZ AO FIAR

Esteve por um fio, mas naquilo que também pode ser entendido como uma celebração e homenagem à enorme capacidade de resistência da fundadora do FIAR, Dolores de Matos, o FIAR vai agitar Palmela no último fim de semana de julho. Instalações, animação e performances um pouco por todo o lado, ruas, largos, igrejas, cineteatro, incluindo paredes e fachadas dos edifícios.








Almada, cidade do Teatro

Já começou a 35 ª Edição do Festival de Almada. Esta frase traz uma inevitável tranquilidade às nossas vidas, o deambular de 4 a 18 de Julho pelas esplanadas da Escola António da Costa, mais do que o tempo e as cerejas, anuncia o Verão àquela comunidade que depende do teatro para perceber melhor a sua vida. No entanto este ano, um ano horrível para o teatro em Portugal, o Festival esteve por um fio.



Pin It on Pinterest