Aurora de F.W. Murnau

Filme-Concerto com música original de Luís Pedro Madeira dos Belle Chase Hotel. Dias 16 e 17 de Dezembro, no Teatro Viriato em Viseu.

Como é possível que um filme mudo de 1927 se tenha transformado num dos mais apetecíveis filmes em cartaz na capital em pleno século XXI? A resposta é simples: estamos perante um dos mais belos filmes de todos os tempos, que marcou para sempre a história do cinema mundial.

Enquanto os alfacinhas podem continuar a deslocar-se ao Nimas para descobrir a “Aurora”, em Viseu vão decorrer duas sessões muito especiais do filme (a 16 e 17 de Dezembro), acompanhadas de um concerto onde será apresentada uma composição sonora original composta por Luís Pedro Madeira (Belle Chase Hotel) e interpretada ao vivo pela orquestra Láudano (Coimbra). A exibição tem como mote a comemoração dos 50 anos de existência do Cine Clube de Viseu e da primeira exibição de “Aurora” em Portugal (no dia 16 de Dezembro de 1955, no Cine-Rossio).

Murnau foi um dos mais importantes realizadores do princípio do século XX. Natural de uma pequena vila alemã, Bielefeld, o realizador marcou a história do cinema através de alguns filmes mudos que serviram de referência para muitos dos seus seguidores. Para além de “Aurora” (“Sunrise” é o título original), toda a sua obra está repleta de filmes de culto e de referência, como é o caso de “Nosferatu”, um filme que também já mereceu atenção especial em Portugal, através de uma exibição acompanhada da música dos Clã.

Para “musicar” este filme de culto, foi convidado Luís Pedro Madeira dos Belle Chase Hotel, que, para além de ter trabalhado na composição da banda sonora dos filmes “Respirar debaixo de água” e “Esquece tudo o que te disse”, fazendo parte integrante dos Azembla’s Quartet, já compôs e interpretou música original para acompanhamento de filmes mudos portugueses do início do século XX, integrado no festival “Animatógrafo de Coimbra”, em 2003. Nesta actuação em Viseu, o músico faz-se acompanhar pela Orquestra Láudano.

Esta é uma oportunidade única para ver, ou rever, uma das maiores obras cinematográficas do século XX, com a aliciante de ouvir uma banda sonora original interpretada ao vivo e em simultâneo. Não se esqueçam de marcar nas vossas agendas: dias 16 e 17 de Dezembro, no Teatro Viriato em Viseu, filme-concerto de “Aurora” de Murnau.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This