rdb_biodiversidade_header

Biodiversidade

Flashmob, 27 Novembro

No passado dia 27 de Novembro, em pleno lobby dos cinemas Lusomundo no Centro Comercial Colombo, um grupo cénico de polícias e peritos forenses encenou o “crime” que viria a atrair a atenção de quase mil pessoas para o tema – Biodiversidade.

Por Biodiversidade entenda-se a Natureza, em todas as suas formas, em todos os seus organismos vivos, em todos nós e em tudo o que respire e faça respirar. É a base e a garantia para a existência de vida. E é também o suporte que nos vai sustentando, face a crises, alterações climáticas ou, simplesmente, ao decorrer do tempo.

Numa iniciativa dinamizada pela Comissão Europeia no âmbito do Ano Internacional da Biodiversidade, que agora se assinala, uma dezena de polícias-actores “invadiram” o hall dos cinemas Lusomundo, ao mesmo tempo que sirenes e megafones surpreendiam os presentes por todo o espaço comercial. No perímetro de actuação da equipa, os artistas declararam e esboçaram no chão mensagens de alerta remetentes ao assunto.

Sob o mote “Estamos todos juntos nisto”, a performance artística visou alertar a população para questões como a protecção da Fauna e da Flora, salientando a importância da diversidade biológica, num ambiente teatral de interacção com o público.

O evento, um dos quatro realizados a nível europeu, foi complementado com a entrega de materiais informativos e brindes promocionais sobre a Biodiversidade à assistência que, aos poucos, foi ficando esclarecida sobre os reais objectivos da exibição e sensibilizada para um tema que afecta hoje, indiscutivelmente, a consciência de todos.

A Assembleia-Geral das Nações Unidas declarou 2010 como o Ano Internacional da Biodiversidade, perspectivando a globalização de acções eficazes e instrutivas, que apontem à redução das taxas de perda de Biodiversidade que se têm feito sentir, um pouco por todo o planeta.

Além de Lisboa, os estados-membros Hungria, Eslovénia e Roménia também se juntaram a esta iniciativa, com a mesma actividade realizada em simultâneo, para fazer deste ano um instrumento eficaz na promoção da conservação da biodiversidade, a nível mundial.

Um dos pontos fulcrais atingíveis por esta recente acção pressupõe a conservação da Biodiversidade através de um esforço universal, como se tem assistido em tantas outras nobres causas que comprovam a teoria da força pela união. Com actividades e empenho em várias partes do mundo, a comunidade global poderá trabalhar em conjunto de forma a garantir um futuro sustentável para todos e equilibrar de novo a diversidade que nos representa.

“Perder a Biodiversidade não facilita o desenvolvimento económico – enfraquece-o”. Estamos todos juntos nisto. Ou não?



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This