Bomberjack

DJ Bomberjack acaba de lançar um álbum retrospectivo dos quinze anos que já leva de Hip-Hop. Este álbum inclui um CD com um apanhado das melhores faixas das diversas mixtapes que Bomberjack editou ao longo destes anos. Como bónus, traz também um outro CD com a mítica mixtape Colisão Ibérica, onde se passeiam MC’s portugueses e espanhóis, numa iniciativa praticamente única em Portugal.

Convém relembrar que Bomberjack é o verdadeiro homem dos sete ofícios do Hip-Hop Nacional. Senão vejamos: é o responsável pela editora Footmovin; é o responsável pela distribuidora SoHipHop; foi responsável pela revista Hip-Hop Nation portuguesa; é DJ, Produtor e, embora raramente, MC.

Siga a entrevista:

Como surgiu a ideia desta compilação e qual o seu grande objectivo?

A ideia desta compilação surgiu na sequência dos diversos pedidos das minhas mixtapes antigas e, ao mesmo tempo, eu tinha a necessidade de homenagear o grande período que foi 95-00. Foi um período importantíssimo que eu achava que deveria ser posto em disco desta forma: os melhores momentos. Assim “Mixtape Files” passa a ser como que um documentário áudio do início do hip-hop português.

E por fim, acho que é importante para a nova geração ouvir e saber o que aconteceu.

Essas mixtapes tiveram, muitas vezes, a função de rampa de lançamento para alguns MCs. Não achas que hoje em dia há falta de mixtapes na rua, o que faz com que os novos MCs lancem álbuns em nome individual sem terem a devida experiência para tal?

Acho que sim. Basicamente falta caminho a percorrer a muita gente. Fazem um, dois sons e querem logo um álbum. Depois percebem que ainda é cedo…
São necessários concertos, participações. É necessário trabalharem o flow, perceberem as métricas, estudarem o que devem dizer e, para mim, o essencial: fazer o que ainda não esta a ser feito.

A “tua geração” construiu um movimento “underground” por si só, sem ajuda de alguns dos meios que hoje existem.

Esta nova geração já conta com esses meios mas parece que não lhes dá o devido uso. Qual é a mensagem / conselho que gostarias de deixar a essa nova geração, tendo como ponto de partida a “tua geração”?

É mesmo isso, usem os meios! Há uns meses, um grupo de Hip-Hop lançou um EP na Internet, para as pessoas descarregarem… É mais uma forma. O importante é trabalharem para dentro. Sejam como DJs, MCs, ou qualquer coisa que queiram fazer, é necessário trabalho e dedicação. Decidirem por vocês próprios o que é melhor e não os outros.

Para quando uma nova mixtape do DJ Bomberjack? Está na calha?

Para já estou a preparar uma nova mixtape – FOOTMOVIN “Free Speach” – com todos os elementos da Footmovin.  Vai ser o que o próprio nome indica, vamos fazer o que nos apetecer… vai ter freestyles, sons novos, raridades, exclusivos…

A nível pessoal quais das actividades te dá mais gosto fazer: editor; distribuidor, DJ ou produtor?

É por fases, eu como tenho que fazer tudo, tenho que gostar de tudo (risos).

O que mudou no Hip-Hop Nacional desde que começaste e o que ainda falta mudar?

O que falta é mais pessoas a querer fazer mais coisas, para além de ser MC ou DJ. É necessário pessoal que se dedique à masterização, pessoal que trabalhe nas rádios, jornais, televisão, agenciamento específico para grupos de Hip Hop. Essencialmente é necessário haver pessoas que gostem de Hip-Hop em diversas áreas que ainda não estão ocupadas.

Tornar as ligações mais estreitas, e ser cada vez menos estranho trabalhar no Hip-Hop
Basicamente é dar um” pontapé no cu” nessa geração de velhos (e os filhos deles), pessoas super conservadoras que ocupam diversos lugares.

Para terminar: resume em três parágrafos o passado, presente e futuro…

Passado: foi importante para eu ter o presente que tenho hoje, tudo conta, as coisas boas e más, aprendi com tudo.

Presente: A Footmovin está a crescer bastante. Tem sido óptimo e agora o céu é o limite. Quero continuar a fazer tudo e mais alguma coisa.

Futuro: Eu construo o Futuro no Presente para não ter surpresas. Estarei sempre ligado a este estilo de vida, HIPHOP FOOOO LIFE!

O álbum de DJ Bomberjack – Mixtape Files: restrospectiva (1995 – 2000) é editado pela Footmovin e distribuído pela SoHipHop.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This