Budapeste

Crónicas de uma leitora apaixonada. Uma obra magnifica para conhecer nesta edição.

Depois de ler “Budapeste” senti-me tentada a procurar explicações, justificações, críticas, análises. Queria que alguém me explicasse aquilo que eu não conseguia compreender. No entanto, a explicação não existe porque nem tudo se explica e “Budapeste” é pura e simplesmente a história de um homem desorientado.

Este livro espelha a vida de Chico Buarque. Tal como José Costa (a personagem principal), também Chico é um génio artístico que não se contenta com um único género, com uma única arte para se exprimir. Chico é músico, dramaturgo, poeta, escritor… José Costa é um “ghost writer” genial. Consciente do seu talento, mas temendo a notoriedade e a fama, cria uma sociedade com o seu amigo Álvaro em que é pago para escrever discursos, cartas e livros em nome de outros.

Também Chico teve uma fase da sua vida em que foi um “ghost writer”: na altura da ditadura de Getúlio Vargas foi perseguido pela censura e teve de adoptar o pseudónimo Julinho de Adelaide.

Depois de um Congresso de Escritores Anónimos, José Costa, numa escala do voo de regresso de Frankfurt ao Rio de Janeiro, fica detido em Budapeste. Aí começa o seu fascínio pelo som desconhecido da língua magiar. É esse fascínio que o levará novamente a Budapeste onde encontrará Kriska.

No Rio de Janeiro é José Costa “ghost writer” de “O Ginógrafo”, companheiro de Vanda e domina a prosa. Em Budapeste é Zhose Kósta, companheiro de Kriska, poeta, “ghost writer” de “Os Tercetos Secretos”. Em ambas as cidades é um escritor anónimo que deixa que outros assinem a sua obra e recebam créditos por esta. Escreve por amor à escrita, sem vontade de se exibir.

Também Chico é discreto. Numa conferência em Inglaterra, disse que esta era a parte pior do sucesso da sua obra: ter de falar em público sobre algo que para ele vem do fundo da alma e, nas suas palavras, é a única arte que não precisa de ser exibida.

José Costa vive entre dois mundos, duas mulheres, duas línguas. É um romance ousado que tem como personagem principal um homem confuso, no fundo, um homem que anseia por um novo começo. Será José ou Chico?!

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This