Carl Craig

Actua em Lisboa e no Porto.

Portugal está já em preparação para receber um dos vultos da música electrónica contemporânea, Carl Craig. A festa faz-se a 13 de Abril, véspera de feriado, no Clube Mercado, em Lisboa, e 24 horas depois no bar trintaeum, no Porto.

Oriundo de Detroit, a cidade onde nasceu o Techno e o mais importante pólo de inovação de música electrónica a nível planetário das ùltimas duas décadas, é tido como pioneiro do género. Carl Craig é já um veterano das pistas de dança, ambiente a que já está habituado desde 1988. Com um currículo invejável, onde se inserem produções nos mais variados estilos, desde o beatbox distorcido a samples lo-fi, passando pelo house épico e o techno de Detroit mais sublime, foi no longíquo ano de 1989 que se dedicou à edição de temas tidos como inovadores,  primeiro na Transmat, editora de Derrick May e depois na sua própria Planet E Communications.

Em 1991 Carl Craig formou a editora Planet E Communications para a edição do seu primeiro EP “4 Jazz funk classics”, lugar onde mais tarde editou Moodyman e Jaydee. Foi responsável por projectos seminais como 69, Paperclip People, Innerzone Orchestra e Detroit Experiment (onde colaborou com alguns dos músicos que nos 70 fundaram a Tribe…). No ano seguinte «Bug in the Bassbin» trouxe elementos de jazz às suas frenéticas aplicações de beatbox. Entretanto, tornou-se numa influência do movimento drum’n’bass, com Djs e produtores a aplicarem «Bug in the Bassbin» de 33rpm para 45rpm criando um novo som de jungle e breakbeat.

O ano de 2000 assistiu a uma actividade invulgar de Carl Craig, com a edição de vários álbuns e compilações (“Onsumothasheeat” e “Abstract Funk Theory” – 2001, “The Workout” 2002, e “Fabric # 25” em 2005).

Se não tiverem planos para o fim-de-semana prolongado, esta é definitivamente uma opção a ter em conta. Dia 13 de Abril no Clube Mercado, em Lisboa, e dia 14 no trintaeum, no Porto.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This