Carnaval da ZDB

Freestyleira e Anónima Nouvolari no Bairro Alto.

O Carnaval é sempre uma boa altura para sermos quem não somos, dar azo à loucura e tirar do armário da avózinha, da tia e da vizinha as vestimentas mais ridículas, construir personagens hilariantes e inviáveis no dia-a-dia. É Carnaval e ninguém leva a mal, já diz o ditado, e por isso a ZDB propõe para a noite de Carnaval (segunda para terça) duas actuações bem divertidas, garantias de festa e dança sem complexos.

Depois do concerto energético dos Anónima Nuvolari, temos o colectivo de dj´s Freestyleira (leia-se Fristaileira) que, para lá de um nome impronunciável por muitos, prometem um set cheio de vida e humor. Destes performers podemos esperar tudo menos um dj set convencional, já que estão munidos de músicas que vão do Electro ao Pop, passando pelo Kuduro, House ou Hip Hop dos anos 70, 80, 90 e do novo milénio. No fundo, Freestyleira é tudo o que sempre quisemos dançar e tivemos vergonha de pedir.

Donos de um espólio musical considerável, os Freestyleira fazem questão de ir ao fundo da questão, redescobrindo e remisturando o novo com o antigo, o improvável com o imprevísivel. Arquéologos musicais, propõem a quem os queira ouvir, sets históricos, mexidos, irónicos e coloridos. A subtileza é deles, o prazer é todo nosso!

Mas antes disso temos os Anónima Nuvolari que também existem com a intenção de recuperar as memórias escondidas da música italiana. Tocam temas populares num espectro temporal dos últimos 50 anos. Esta banda é constituída por cinco músicos italianos a viver em Portugal e, em palco, podemos contar com um acordeão e voz, um saxofone soprano, um contrabaixo, uma guitarra e voz e percurssão. Como referência, os Anónima têm o Maestro napolitano Renato Carosone.

Segundo os próprios, a sua actuação está cheia de generosidade e genuidade.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This