Ciclo dedicado aos MESTRES DO CINEMA ASIÁTICO no ESPAÇO NIMAS durante o mês de Março 

A partir de sexta-feira e até dia 1 de Abril, os fins-de-semana no ESPAÇO NIMAS vão estar repletos de filmes marcantes dos melhores MESTRES DO CINEMA ASIÁTICO dos últimos anos. TAKESHI KITANO, WONG KAR WAI, HOU HSIAO HSIEN, JIA ZHANG-KE e KORE-EDA HIROKAZU são alguns dos cineastas representados neste ciclo que celebra uma das mais estimulantes cinematografias mundiais.

Nas últimas décadas, o cinema oriundo de China, Japão, Hong Kong, Taiwan ou Coreia do Sul tem vindo a revelar-se um dos mais estimulantes no panorama mundial, recolhendo galardões nos mais importantes festivais de cinema.

O ciclo MESTRES DO CINEMA ASIÁTICO recupera 15 filmes de alguns dos mais importantes realizadores asiáticos da actualidade. Desde WONG KAR WAI, com “Chungking Express” e “My Blueberry Nights – O Sabor do Amor”, a TAKESHI KITANO, com “Zatoichi” e “Dolls”, passando por KORE-EDA HIROKAZU (“Ninguém Sabe” e “Andando”), LEE CHANG-DONG (“Poesia”) ou JIA ZHANG-KE (“O Mundo” e “Plataforma”).

A programação inicia-se na sexta-feira, dia 16 de Março, e termina a 1 de Abril, domingo, com cinco filmes exibidos em cada fim-de-semana.

OS MESTRES DO CINEMA ASIÁTICO – ESPAÇO NIMAS

16 de Março – 21h30 – O BOM SOLDADO, de Koji Wakamatsu
17 de Março – 18h00 – TRÊS TEMPOS, de Hou Hsiao Hsien
17 de Março – 21h30 – O SABOR DA MELANCIA, de Tsai Ming-Liang
18 de Março – 17h30 – EUREKA, de Ayoama Shinji
18 de Março – 21h30 – TEMPO PARA VIVER E TEMPO PARA MORRER, de Hou Hsiao Hsien

23 de Março – 21h30 – NINGUÉM SABE, de Kore-eda Hirokazu
24 de Março – 18h00 – ANDANDO, de Kore-eda Hirokazu
24 de Março – 21h30 – ZATOICHI, de Takeshi Kitano
25 de Março – 18h00 – POESIA, de Lee Chang-dong
25 de Março – 21h30 – DOLLS, de Takeshi Kitano

30 de Março – 21h30 – O MUNDO, de Jia Zhang-Ke
31 de Março –18h00 – YI-YI, de Edward Yang
31 de Março – 21h30 – MY BLUEBERRY NIGHTS – O SABOR DO AMOR, de Wong Kar Wai
1 de Abril – 18h00 – CHUNGKING EXPRESS, de Wong Kar Wai
1 de Abril – 21h30 – PLATAFORMA, de Jia Zhang-Ke

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This