“Como Treinares o Teu Dragão” | Cressida Cowell

“Como Treinares o Teu Dragão” | Cressida Cowell

O livro de cabeceira de Vitor Pereira

Não sabemos se este terá sido o livro de cabeceira de Vitor Pereira nas duas últimas temporadas futebolísticas mas, no que diz respeito a técnicas e tácticas, “Como Treinares o Teu Dragão” (Bertrand Editora, 2103) é do melhor que por aí anda para se saber mais sobre as movimentações deste animal que povoa o imaginário humano desde tempos remotos.

Cressida Cowell cresceu entre Londres e uma pequena e desabitada ilha da costa oeste da Escócia, onde passava o tempo a brincar às explorações e a tentar encontrar dragões. Mesmo sem nunca ter dado de caras com um, aos nove anos já escrevia sobre estas fantásticas criaturas, certa de que um dia poderia descobrir um para lhe fazer companhia. Já mais crescida inventou a colecção “Como Treinares o Teu Dragão”, que inspirou o filme lançado pela DreamWorks em 2010 e que, agora, vê o primeiro livro ser editado em Portugal.

Hiccup Hadoque Horrendo III é o protagonista desta divertida saga, e diz dele a história ter sido «um extraordinário encantador de dragões, hábil com a espada e o maior Heróis Viking de sempre.» Porém, ao passarmos os olhos pelas primeiras páginas, torna-se difícil de acreditar que este filho do Chefe da tribo possa seguir as pisadas do pai: é franzino, mal consegue levantar uma espada, amedronta-se facilmente e quer tanto treinar um dragão como comer sopa de insectos todos os dias. O Programa de Iniciação aos Dragões é um duro teste e, para o passar, terá de treinar o seu próprio dragão; mas só depois de o ir buscar a uma caverna, conhecida por Infantário dos Dragões, onde estão três mil jovens dragões a dormir as suas últimas semanas de hibernação. O problema é que, se um acordar, acordam todos.

Quando um gigantesco dragão-marinho aparece na ilha de Berk, após anos de sono profundo e trazendo com ele um apetite alarmante, Hiccup terá oportunidade de mostrar alguns dos segredos que tem ocultado aos habitantes de Berk (e também ao seu pai). A seu lado terá companheiros de armas como o Escarreta, o Perna-de-Peixe, Bafo o Burro, ou Estoico o Enorme. Quem ler o livro reconhecerá muito do que se vê no filme, mas não há aqui a trama amorosa ou um manual completo e ilustrado sobre os dragões. Aliás, o verdadeiro livro dos dragões é composto por um só capítulo, que oferece a única máxima conhecida para treinar um dragão: grita com ele!

Extremamente divertido e com ilustrações a lápis com um ar infantil e inacabado, “Como Treinares o Teu Dragão” é a história condensada de um herói improvável, que escolheu a maneira mais difícil para se tornar gente grande. Em breve, a Bertrand Editora irá lançar mais quatro títulos da serie, que serão uma boa ajuda para quem esteja a pensar num mestrado em dragões: “Como seres um pirata”, “Como falares dragonês”, “Como quebrares a maldição de um dragão” e “como mudares a história de um dragão”.



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This