Dead Combo @ Teatro S. Luiz (16.04.2013)

Dead Combo @ Teatro S. Luiz (16.04.2013)

A celebração do décimo aniversário

Quando surgiram, nunca os Dead Combo adivinhariam que iam ser o sucesso que são hoje em dia. Desde 2003 que o projecto cresceu em catadupa e, ao fim de dez anos, celebraram o seu aniversário na imponente sala do Teatro Municipal São Luiz na companhia dos seus fãs.

Foi na passada noite de dia 16 de Abril que o momento de celebração foi imortalizado num concerto inesquecível de quase duas horas. Sim, duas horas. É que, como Pedro Gonçalves desabafou, os Dead Combo são “fáceis de convencer”, e o público não se cansou de aplaudir por “mais e mais”. Ao todo foram dois encores, de “emocionar e fazer chorar por mais”.

Num cenário como já é habitual dos Dead Combo, os figurinos foram encarnados, o ambiente western desceu ao palco e Lisboa, menina e moça, foi tocada, em todos os sentidos, por esta dupla de músicos tão ecléticos. Sucessos como «Sopa de Cavalo Cansado», «Lisboa Mulata», «Anadamastor», «Putos a Roubarem Maçãs», «Lusitânia Playboys» e «Esse Olhar Que Era Só Teu» fizeram vibrar o público de emoção.

Durante o espectáculo poucas palavras foram expressas, mas nas entrelinhas de cada música foram contadas histórias de títulos de músicas, dedicatórias feitas, desabafos partilhados e agradecimentos sentidos foram declarados.

Pedro Gonçalves e Tó Trips, talvez a dupla portuguesa mais eclética que conheço, têm influências do fado, do jazz, do rock e até de ritmos africanos e sul-americanos. Mas, apesar de tantas inspirações internacionais, é em Lisboa que se realizam e concretizam, não fosse o facto de as suas músicas transmitirem tanto o espírito alfacinha.

Dead Combo iniciaram uma jornada única há dez anos atrás que esperemos que dure outras tantas décadas. Parabéns Pedro e Tó!

Fotografia por Luís Macedo



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This