rdb_desastresamor_header

“A escolha da Felicidade”

São jogos da moral que quem se atreve a pensar vê muito além da aparente superficialidade. É o carácter humano maltratado pela dúvida e o peso da decisão. “Os Desastres do Amor” na Cornucópia

No Fortuna Palace, hotel de luxo, o Olimpo desce à vida mundana para rir da condição do Homem enquanto a senhora Felicidade, perdão, Felícia, se debate com a moralidade de ser feliz, ou não. Ganha a resignação.

Este espectáculo resulta de uma adaptação e colagem de peças e diálogos de Marivaux, de cujas comédias se aponta como único tema o amor.

Aqui, o amor é caminho para trazer personagens lendárias e mitológicas, para as humanizar, e serve sobretudo para a “análise dos comportamentos humanos”.

Luís Miguel Cintra, que adaptou os textos e encenou o espectáculo diz-nos que é esse o objectivo do teatro, tal como foi o do dramaturgo francês nalguns dos seus textos.

Em palco, pensam-se dicotomias. Discute-se se o amor deve prevalecer como loucura e desejo ou manter-se sempre terno e puro; se a verdadeira fortuna advém da virtude, do recato e da honestidade, ou antes se deve à paixão, à liberdade e ao êxtase do espírito; se o escrúpulo serve para resgate da honra ou morte da virtude.

A Cornucópia volta a presentear-nos com uma grande produção com excelentes actores que à nossa frente se desdobram em personagens cómicas, cada qual com o seu carácter construído de raiz, onde nem a língua foi descurada, já que partes do texto são em Francês, Castelhano, Italiano e Inglês.


Fotografias de Luís Santos

Podemos contar com momentos musicais, uns mais oníricos do que outros, para nos levar ao longo de duas horas e meia de espectáculo, que ainda assim não apetece largar.

“Foi do amor que falámos, sim, Rita. Com a nossa arte, que nenhum money can buy“, diz Luís Miguel Cintra.

E foi mesmo.

Tradução dos textos originais: Luís Lima Barreto e Luis Miguel Cintra
Adaptação e Encenação: Luis Miguel Cintra
Cenário e figurinos: Cristina Reis
Desenho de luz: Daniel Worm d’Assumpção.
Elenco: José Manuel Mendes, Luís Lima Barreto, Luis Miguel Cintra, Nuno Nunes, Rita Blanco, Rita Durão, Sergio Adillo, Sofia Marques, Teresa Madruga e Vítor d’Andrade.

Até 23 de Dezembro, de  a Sábado às 21h e Domingo às 16h.


View Larger Map

Preço dos bilhetes: 15,00 € com 50 % desconto para estudantes, menores de 25 e maiores de 65 anos



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This