des1

Destiny 2 – PC | Análise

Fatal como o destino, esta é a versão definitiva de Destiny 2!

Durante as largas horas que passei a jogar o primeiro Destiny, não foram poucas as vezes em que lá vinha à baila uma conversa sobre como seria fantástico se a Bungie o trouxesse para o PC. Depressa me apercebi de que não estava sozinho. Não foram poucos os jogadores a manifestar este desejo à Bungie. Tal nunca se chegou a concretizar mas os pedidos dos fãs não caíram em orelhas moucas. Aquando do anúncio da sequela, Destiny 2, a Bungie apanhou todos de surpresa ao incluir o PC no leque de plataformas que iriam receber este título. Escusado será dizer que esta foi uma novidade muito bem recebida por parte dos fãs!

A fase beta na qual participámos, só aguçou ainda mais o nosso apetite e quando nos chegou a oportunidade de complementarmos a nossa análise com a nossa experiência a jogar Destiny 2 no PC, não pensámos duas vezes. Depois de largas horas a desfrutar do melhor que o jogo tem para oferecer, confirma-se o que já tínhamos constatado durante a fase beta: Destiny “nasceu para ser jogado no PC”.

O grafismo salta imediatamente à vista e se Destiny 2 já impressionava na PS4, no PC, facilmente atinge todo um novo esplendor – sobretudo se puderem desfrutar dele com as definições ao máximo. Não pude no entanto deixar de reparar em algumas quebras de performance durante as cinemáticas da história do jogo (as únicas com que me deparei) mas confesso que foi uma questão bastante fácil de contornar, até porque já as tinha visto na PS4 e porque depois de terminadas o jogo voltava a colocar-me no meio da acção!

Em termos de conteúdo este é o mesmíssimo jogo que irão encontrar nas consolas PlayStation e Xbox, só que, claro, beneficiando das capacidades que o PC consegue proporcionar. A jogabilidade, como devem calcular, beneficia imenso desta transição. Ainda que seja uma opção perfeitamente viável, o facto é que jogar com teclado e rato oferece um grau de precisão que o comando não consegue proporcionar. Nos momentos mais parados dá a sensação de facilitar um pouco as coisas, mas nos de maior aperto, aqueles em que damos por nós rodeados de inimigos – tanto em PVE ou PVP – é fácil constatar que a acção de Destiny 2 surge mais rápida e dinâmica, sempre com uma fluidez digna de ser assinalada.

No PC Destiny 2 acaba por se mostrar como uma versão definitiva e se fosse um jogo que pudesse ser desfrutado na totalidade a solo, não pensava duas vezes em apontar que é aqui que deve ser jogado. Só que este é um jogo que deve ser desfrutado com amigos, mostrando-se algo ingrato para os lobos solitários ao restringir-lhes o acesso ao seu endgame: nomeadamente os Raids em PVE e os Trials of the Nine em PVP. Por isso, antes de te deixares levar pelo grafismo, ou pela tua predilecção ao teclado e rato, não posso deixar de recomendar que consideres jogar na plataforma onde os teus amigos se encontram. Se estiverem no PC, óptimo, mas se estiverem nas consolas a experiência não deixa de ser menos aliciante por isso.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This