doclisboa 2012 – nota da nova direcção do festival

“Em 2012 o doclisboa realizará a sua décima edição. Se cada uma das edições constitui, na sua singularidade, um momento fundamental, este ano existem circunstâncias que nos convidam a repensar o festival no seu todo. O momento político, económico e social em que vivemos é um desafio a encontrar novos modos de organização e colaboração: entendemos que a estrutura de um festival de cinema deve apresentar-se como proposta clara de um modo de agir e pensar no contexto em que existe. Deste modo, a direcção assume-se enquanto colectivo de trabalho.

O festival será pensado como um lugar onde a coexistência (de filmes, pessoas, ideias, visões, pontos de vista) pode ser transformada em inscrição no real. Falamos de uma pluralidade enquanto força colectiva que se implica directamente no mundo. Procuramos que o festival traga consigo uma energia crítica que se conjugue com o esforço daqueles que trabalham pelo cinema independente em Portugal e no mundo, que resistem e lutam pela existência de condições autónomas de exibição, discussão, formação de públicos e pensamento crítico.

Assim, apresentamos um compromisso claro com o público e com a comunidade que constitui o cinema em Portugal: o de lutar por um doclisboa cheio de energia, e por um rigor e clareza quanto a uma visão do cinema como prática artística e política que comporta uma força de resistência e transformação.”

Ana Jordão, Cinta Pelejà, Cíntia Gil e Susana de Sousa Dias.

Linhas gerais de programação

Em 2012 o doclisboa manterá as secções competitivas do festival – Competição Internacional Curtas e Longas, Investigações, Competição Nacional Curtas e Longas.
O mesmo acontecerá com a secção Heartbeat e a secção Riscos, comissariada por Augusto M. Seabra.

Terão lugar duas retrospectivas, sendo uma centrada na obra de um autor, e outra temática, a ser comissariada por Federico Rossin (curador e crítico de cinema independente, co-director artístico do NodoDoc Fest de Trieste).

Duas novas secções serão inauguradas, a anunciar em devido tempo. Estas decorrem de mudanças naturais do próprio festival e do contexto específico do documentário contemporâneo

A 10ª edição do doclisboa decorre entre 18 e 28 de Outubro.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This