Doclisboa

O Cinema Documental está de volta à Culturgest, entre 20 e 29 de Outubro.

O único festival português verdadeiramente dedicado ao documentário está de volta, pelo terceiro ano consecutivo, à Culturgest, em Lisboa. Entre 20 e 29 de Outubro os amantes do género têm a oportunidade de ver o que de melhor se tem feito dentro desta forma de arte.

A última edição conseguiu reunir bastante público entusiasta. O documentário “foi assunto” e criou-se uma nova consciência da sua enorme riqueza, diversidade e potencialidades.

O que se pretende com a realização deste festival é permitir um pensamento mais aprofundado sobre temas contemporâneos e de actualidade provocando a reflexão e o debate de ideias, apostando também na descoberta de novos territórios, na grande diversidade, e na vitalidade do cinema do real.

Para o doclisboa 2006 não se poderia esperar nada abaixo do nível a que o festival nos habituou. São dez dias de projecções em regime intensivo, com mais filmes, mais secções e mais actividades complementares.

A programação competitiva do Festival inclui uma Competição Internacional e uma Competição Nacional (ambas para longas e curtas metragens) e também as Investigações, secção dedicada a documentários sobre questões de actualidade criada pelo doclisboa no ano passado. Já as secções de debate e de reflexão desta quarta edição serão preenchidas com um foco sobre o documentário japonês contemporâneo e por um programa sobre o mundo do trabalho, tema forte ao longo da história do cinema documental e que tem ganho nos últimos anos uma nova pertinência.

Estas secções serão complementadas por uma mostra retrospectiva de um autor, por masterclasses com os documentaristas japoneses Naomi Kawase e Makoto Sato, uma oficina “Primeiros Planos” orientada por Alain Bergala e ainda por diversas sessões para escolas, para além de debates e conferências sobre os filmes exibidos e as temáticas abordadas.

Os preços são simbólicos (variam entre os 2 e os 2.5€) e qualidade é garantida. Entre 20 e 29 de Outubro, a Culturgest é ponto de passagem obrigatório.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This