3

DOOM – Nintendo Switch | Análise

O inferno chegou à Switch!

A Nintendo prometeu e DOOM pode agora fazer parte da tua biblioteca de jogos da Nintendo Switch. A acção frenética e visceral fizeram dele um dos jogos do ano de 2016 e chega agora à consola da Nintendo acompanhado por todo o conteúdo de foi alvo desde o seu lançamento original. Estamos a falar do modo de campanha, multijogador e arcade, um jogo de uma enorme envergadura que pode pela primeira vez ser jogado onde, quando e como quiserem graças à portabilidade que só a Switch lhe consegue proporcionar.

Graficamente, convenhamos que não é o mesmo portento que podemos encontrar nas consolas Xbox ou PlayStation ou até mesmo no PC. De 60 FPS passamos para uns constantes 30 FPS, é certo, mas sabem o que é que foi igualmente constante? O meu sorriso. A acção continua igualmente aliciante porque, afinal de contas, este é sem tirar nem pôr o mesmo DOOM que a Bethesda e a ID nos ofereceram, só que, lá está, na Nintendo Switch!

“O combate é frenético, potenciado pela optimização que os produtores oferecem aos jogadores e, sobretudo, pelas soberbas Glory Kills.” Já o dissemos na análise à versão original e dizemos o mesmo sobre esta mas tenho, no entanto, de ressalvar que, fora do modo portátil, considero que será mais bem apreciada jogando com o Pro Controller. Os Joy-Con não se portam mal mas a rapidez é demasiado elevada para a precisão que os comandos originais da Switch conseguem proporcionar. Claro que se poderão habituar mas acredito que com o Pro Controller a jogabilidade se torne mais intuitiva e que a experiêcia de jogo se torne tão envolvente como a das restantes plataformas.

Ainda que (como seria de esperar) tenha comprometido algum do seu esplendor visual, DOOM chegou à Nintendo Switch em todo o seu esplendor frenético e visceral! Aquele que foi um dos jogos de 2016 volta a dar que falar e de que maneira, desfrutando agora de uma impressionante portabilidade. Com Skyrim a chegar já no dia 17 e a promessa de Wolfenstein 2: the New Colossus, algures em 2018, esta é a primeira surpresa que a Bethesda tem reservada para a Nintendo Switch. Recentemente a Bandai Namco já se mostrou surpresa com o inegável sucesso da nova consola da Nintendo, pelo que nos parece que as surpresas não deverão ficar por aqui!



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This