“É a Hora” | Paulo Borges

“É a Hora” | Paulo Borges

Poesia para a transformação do mundo

Conviver muito com uma obra – ou mesmo com alguém – pode, com o tempo, levar à loucura. Não foi, felizmente, o caso de Paulo Borges que, depois de 32 anos a coabitar com “A Mensagem”, de Fernando Pessoa – o único livro publicado pelo escritor em vida em língua portuguesa -, escreveu “É a Hora!” (Temas e Debates, 2013), onde se dedica a decifrar a mensagem pessoana.

A obra oferece uma interpretação e um comentário, poema a poema, da composição pessoana, integrando-os numa visão mais global e tentando decifrar a mensagem da mensagem, «tecida na trama das suas personagens, figuras eternas.»

Para este livro que convida à transformação profunda, «de nós mesmos, de Portugal e do mundo», Paulo Borges defende uma visão mais abrangente, que transcende Portugal e qualquer língua, cultura ou religião específicas. Afinal, como disse o próprio Pessoa, «o nacionalismo é anti-português.»

A juntar a mais uma oportunidade de ler ou reler uma das obras maiores da literatura portuguesa, aqui em modo de visita guiada, poderá cumprir-se o apelo lançado por Fernando Pessoa: que cada ser humano morra e ressuscite, se transmute e metamorfoseie, num patamar superior do ser e da consciência. Acordem, é a hora!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This