rdb_eduardomorais_header

Eduardo Morais

Da contracultura do rock’n’roll em Portugal ao coleccionismo de vinil

Desde o dia 17 Setembro que o “Meio Metro de Pedra”, um documentário sobre a contracultura do rock’n’roll em Portugal, está disponível online em www.meiometrodepedra.com, depois de 8 meses na estrada e mais de 40 localidades percorridas.

Eduardo Morais começou também, no mesmo dia, uma campanha de crowdfunding, ou seja, angariação de fundos online, para o seu novo documentário “Música em Pó”, a realizar-se em 2013 sobre dez coleccionadores de vinil, que pode ser visto aqui. Esta campanha está disponível aqui, no website PPL, durante os próximos três meses.

“Meio Metro de Pedra” foi a estreia de Eduardo no documentário, “sendo um trabalho de pesquisa totalmente independente que, estreado em Outubro de 2011, percorreu durante oito meses cerca de 40 localidades por todo o País”, afirma o realizador. Quebrando uma barreira no cinema independente português, este projecto conseguiu somar alguns milhares de espectadores.

“Foi uma temporada que me deu um prazer enorme, pois soube que levei algo novo a um público com sede de conhecimento, e mostrei-lhes bandas e histórias que desconheciam por completo”, comenta ainda Eduardo. Infelizmente, nestas exibições, a retribuição financeira é muito pouca, e volta-se para casa com uns míseros cêntimos, “mas o gosto pela exposição do meu projecto foi a força motora de todo o circuito”.

“Desde o passado dia 17 de Setembro que este é meu primeiro filho emancipado, pois, mais uma vez, quero chegar ao maior número de pessoas possível”. E à pergunta, porque não sair este projecto em DVD, responde-nos que “seria-me praticamente impossível criar uma edição em DVD deste filme, pois as quantias pedidas são ridiculamente altas para um jovem documentarista.” Por isso, o realizador criou um website onde se pode ver o filme online, e quem quiser tem a hipótese de oferecer qualquer donativo para o ajudar em projectos futuros.

Com o sucesso deste documentário, Eduardo Morais prepara já o segundo, “Música em Pó”, que enfatiza dez coleccionadores de vinil, focando-se na relação que os mesmos têm com os seus discos. A campanha de angariação de fundos foi para o ar também no passado dia 17 e fica igualmente online durante os próximos três meses.

“Durante esses três meses, vou tentar atingir o pequeno patamar de 900 euros para finalmente conseguir comprar material e pagar-me as deslocações que vou ter durante toda a rodagem”. A mesma começará em 2013, e vai ser realizado, produzido e captado totalmente pelo jovem realizador.

“Este filme abordará a música pelo seu formato, pelos reflexos das suas capas, e pelas viagens dos próprios discos até ao seu proprietário final.”

Rui Miguel Abreu, da BLITZ, João Carlos Callixto, da RTP, e os campeões mundiais de scratch, Beatbombers, são alguns dos participantes já confirmados; contudo, nem tudo foi ainda revelado.

“Numa altura em que o vinil é o único formato musical físico que aumenta anualmente a quantidade de vendas, a minha ideia é fortalecer no espectador uma empatia pelo formato do vinil através das histórias que estes monstros musicais têm para contar”, conclui o realizador.



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This