EU#2

Fermento no Bairro.

As marcas Carapau de Corrida e Baud juntaram-se e abriram a Fermento, uma loja que faz lembrar a caverna de Ali Babá mas que fica ali para os lados do Bairro Alto

No número 13 da Rua do Século, onde antes existia a padaria Pão Integral – a primeira a produzir este tipo de pão na capital – as marcas Carapau de Corrida e Baud “juntaram os trapos” e criaram uma só etiqueta: Fermento. A loja – com o mesmo nome – inaugurou em Novembro passado.

Alexandra e Carmo – as caras do projecto – mantiveram a identidade do lugar, os móveis e parte do chão original mas trouxeram-lhe outra alma. Agora, em vez de pão, fabricam-se e vendem-se objectos.

Bonecos, bijuteria, roupa, cerâmica, artigos de pano, brinquedos e outros saem às “fornadas”. Produzidos em pequenas séries todos eles são “edição de autor”. É o chamado Novo Artesanato, que reúne cada vez mais adeptos. A “dream team” (leia-se fornecedores) da Fermento totaliza 20 criadores nacionais e 5 internacionais, entre os quais: Bonito Serviço, Margarida Botelho, Anna Westerlund, Wise Up e Sandy Gageiro – especialista em bordados com dizeres inesperados: “Marx também bordava” vai ser um best-seller com toda a certeza.

Na Fermento, para além de comprar também se podem aprender alguns “ofícios”. Esta loja-atelier tem o espaço preparado para receber miúdos e graúdos nos workshops que vão acontecendo ao longo do ano – Bordados e Origami são só alguns.

Outros bónus são o papel de embrulho e o logótipo – o primeiro um genuíno vintage e o segundo a fazer lembrar. A Fermento funciona de segunda a sábado, das 11h00 às 20h00. A visitar com urgência.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This