FABRICK P-02

FABRICK P-02

Braço de Prata recebe mostra coletiva de artistas urbanos.

A sociedade valoriza o que é belo e perfeito, fazendo do ser humano uma máquina ao criar em cada um de nós a imposição de um padrão de beleza e perfeição desde o seu nascimento. Como se todos devessem seguir o mesmo percurso e ter os mesmos desejos. A sociedade quer que sejamos perfeitos, e nós fazemos o que ela espera de nós: não admitimos erros, não podemos perder ou fracassar, muitas vezes não acreditamos no nosso próprio valor.

A rotina classifica-se como predominante no dia-a-dia da nossa existência. É fundamental que o ser humano seja desafiado. Desafiar a mente humana motiva-a a fazer o melhor de si e a reinventar soluções, conduzindo-o à felicidade. O ser humano é uma obra de arte que reúne emoções contraditórias, sendo capaz de provocar inúmeros sentimentos.

Traçar um panorama do nosso dia a dia, desde que nascemos áquilo a que somos predestinados, ao que a sociedade nos obriga e que a busca incessante da perfeição pode ser o principal obstáculo à felicidade. Nos mais diversos estilos, técnicas e conceitos da representação, com trabalhos de artistas nacionais dos mais variados ramos que se reúnem num único conceito onde gostam de ser reconhecidos: arte urbana. Este é o objetivo da exposição Fabrick P02 que lança a sua segunda edição na Fábrica do Braço de Prata no próximo dia 3 de Julho pelas 20h00 e estará presente até 29 de Julho nos vários espaços de exposição do local.

FABRICK P-02 - Skrane

Em destaque estarão presentes nesta segunda edição Another, Ayer One, Bray, Chure, Maik Naipes, PluzBrut, Skran e Frame.

Através de técnicas como ilustração, stencil, graffiti, montagens são alguns dos campos já explorados pelos artistas nos seus percursos de vida. A arte estará retratada em telas, juntamente com pintura livre em paredes, além de uma intervenção dinâmica que culminará com a fase final da exposição.

Fabrick P-02, que teve a sua primeira edição em 2010 (Fabrick P-01), também na Fábrica do Braço de Prata, apresentou a história do homem numa forma maquinizada, sendo criado e produzido numa linha de montagem, com várias fases, erros e tentativas e com o objectivo final de atingir o ser humano perfeito, num único elemento.

Sem quaisquer limitações às tendências artísticas, o objectivo desta exposição é permitir dar a conhecer ao público em geral um intercâmbio de experiências e culturas entre a arte e a importância do escape do ser humano a um constante ciclo vicioso.

A exposição pode ser visitada de Segunda a Domingo, com entrada gratuita.

 

Fabrick P-02 – Fábrica de Pessoas – Exposição

Local: Fábrica Braço de Prata
Rua: Rua da Fábrica de Material de Guerra, n.º 1Cidade: Lisboa
Abertura ao público – 03 de Julho 2013 – 20h00
Data de encerramento: 29 de Julho

Entrada gratuita

Informações: 965518068 || http://www.bracodeprata.net || fabrica@bracodeprata.com

Horário de funcionamento: 20h00 às 02h00



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This