fanfarlo_header

Fanfarlo | “Rooms Filled With Light”

Quem acredita no amor eterno?

Quando se estrearam em 2009 com “Reservoir”, os Fanfarlo foram descritos como um cruzamento feliz entre a excitação dos Arcade Fire e o virtuosismo dos Beirut, com a adição de alguns ingredientes secretos que fizeram desta rodela sonora um clássico indie instantâneo indutor à audição em modo repeat.

Este ano a banda lançou “Rooms Filled With Light”, o sempre tão difícil segundo disco, que se revela como uma transição de uma folk de tons barrocos e apoteóticos para uma pop com altos índices de revivalismo e um ligeiro piscar de olho à electrónica, na senda de uns Talking Heads rejuvenescidos.

É um disco menos imediato – e mais contido – que “Reservoir”, mas que mantém a aura de romantismo, mistério e humor negro a que fomos bem habituados. Não é caso para amor à primeira vista mas, depois de algumas saídas, flores, chocolates e muita conversa, temos razões mais do que suficientes para acreditar no amor eterno.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This