rdb_feyueu-shoes_header

Feiyue

Flying Forward.

Nos últimos tempos, o gigante oriental está cada vez mais presente na nossa sociedade, seja pela sua rápida expansão no nosso mercado, como pela influência crescente no design e na moda. E é exactamente aqui que entram os ténis Feiyue.

Nascidos nos anos 20 em Shangai, os ténis Feiyue tornaram-se famosos na China a partir dos anos 30 porque estavam associados às artes marciais chinesas como o Tai Chi ou o Kung Fu.

Estes pequenos ténis de tecido e de sola de borracha vulcanizada, que nos lembram uma mistura entre as Victorias e as All Star, guiaram os passos de todas as classes sociais na China e atravessaram todos os continentes, chegando à Europa em 2006 pelas mãos de uma equipa francesa apaixonada pelos ténis desportivos e a cultura urbana.

Em 2005, Patrice Bastian (sneaker freak) decidiu que estes ténis seriam “a nova cena”. Eram flexíveis, light e tinham um irresistível ar retro. Trabalhando em parceria com o designer gráfico Carlos Munka, criou a nova imagem dos Feiyue. A partir daí começava a nova história de uns ténis originais, clássicos e muito confortáveis.

A Feiyue entrou no Ocidente com todo o seu encanto retro e foi evoluindo pouco a pouco, misturando-se com influências francesas e internacionais e conquistando as principais capitais ocidentais.

Bastian e a sua equipa, apaixonados pela arte urbana, a música, viagens e obviamente por ténis, elaboram as colecções Feiyue de forma muito intuitiva, não seguem linhas de tendências nem fazem estudos prévios; utlizam apenas criatividade pura e dura. Recordações, imagens e ambientes de outras paragens, tudo vale.  Vão tecendo e enriquecendo constantemente o universo da marca. A Feiyue predica a filosofia da abertura ao mundo, para lá do horizonte. Uma procura constante por novas formas dão inspiração às suas criações, sejam elas calçado ou suportes visuais.

Apesar do seu método intuitivo, esta equipa francesa fez um trabalho de investigação e produção muito importante no que diz respeito às normas de qualidade: fizeram uma revisão completa à forma original, escolheram materiais com o máximo de detalhe possível e criaram uns ténis que combinam estética e resistência. Uma vez feitos estes ajustes, lançou-se a primeira colecção em França em 2006 e a partir daí nasceram diversas variantes.

A Feiyue está em constante evolução, e não é à toa que o seu nome em chinês: Feiyue (pronuncia-se Fei-ué) significa Flying Forward. Traduzindo literalmente, “voando para a frente”. E assim é; esta marca simboliza, um pouco como o Red Bull, a autêntica elevação do corpo e da mente.

Se queres uns ténis Feiyue – que curiosamente não vendem muito na China porque os chineses acham-nos demasiado baratos e antigos – podes ir a Shangai e comprá-los por 3 ou 4 euros, fazer como eu e pedir a um amigo que vá de férias à China este Verão para os trazer, procurá-los numa loja de ténis em Portugal (que após alguma investigação vi que custam aproximadamente 70 euros) ou visitar o seu site.

Boas compras!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This