Festival FUMO 2014 | 15 de Junho

Festival FUMO 2014 | 15 de Junho

Os blues galgaram o Rio Sado

Apesar de quase nenhum dos passeantes que se aventurou ontem à tarde pela baixa de Setúbal ter reparado, as chaminés da Casa da Cultura lançaram, por volta das 17h00, nuvens de fumo que, evitando influências romanas, estiveram longe da cor da neve.

Até ao próximo dia 28 de Junho, sempre à sexta e ao sábado, a cidade setubalense recebe mais uma edição do FUMO – festival urbano de música e outras coisas, organizado pela Experimentáculo, uma associação movida pela irrequietude que apenas tem oferecido coisas boas a quem tem os dois pés assentes na cidade do Sado.

Conhecida como a cidade do rio azul, que melhor forma de começar o Festival haveria senão abraçar os blues nacionalizados pelos Nobody’s Business que, em 2014, comemoram dez anos de carreira com um novo disco?

Numa sala despojada de grandes artifícios visuais – e, infelizmente, despojada também de público -, o quarteto apresentou maioritariamente temas de “Donkey”, o segundo longa-duração editado este ano, mostrando ao vivo algo que se havia já pressentido: a banda pôs de lado as guitarras eléctricas e entregou-se a um som mais tranquilo, feito de melodias folk, coros sentidos e um ligeiro travo a country, como que conferindo uma segunda e mais vibrante existência à banda.

Na voz, Petra Pais brinca com as variações e os timbres como quem anda de escorrega, sendo os tons mais graves aqueles que mais facilmente conquistam os ouvidos e o coração; Luis Teixeira, um dos dois irmãos que compõem a banda, é um virtuoso das cordas, estejam elas agarradas a uma guitarra acústica, eléctrica ou a um bandolim; Pedro Ferreira e Luís Oliveira compõem o papel sonoro onde os Nobody’s Bizness vão passeando, sempre com os pés descalços a vaguear pelo campo e o barulho do rio a espreitar por entre a folhagem.

Para além de grandes e novos temas como «Señorita Carolina» ou «The Greatest Fool», houve ainda tempo para homenagear dois heróis da banda, nomeadamente Patsy Cline e Paul Simon, com recriações dos temas«“Walking after midnight» e «Slip Slidin` Away».

No final, a banda partiu rumo a uma merecida tarde de vinho branco e choco frito numa esplanada com vista para o rio, bebendo, também eles, o blues que dá cor à cidade.

Programa do próximo fim-de-semana:

20 junho
Tio Rex & Hell Hound Banjo Duel + Noiserv

21 junho
Celina da Piedade



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This