Festival Música Viva 2006

Em Lisboa, entre 23 de Setembro e 27 de Outubro

A 12ª edição do Festival Música Viva decorre em Lisboa entre 23 de Setembro e 27 de Outubro. Actividades para todos os gostos durante mais um mês, divididas entre a Fundação Calouste Gulbenkian, o Instituto Franco-Português, o Teatro Maria Matos, o Mosteiro dos Jerónimos e o Centro Cultural de Belém.

O certame assume-se como uma iniciativa integrada de fomento e divulgação da criação musical, reunindo acções pedagógicas, acções especialmente dirigidas para as crianças, a programação de obras de compositores portugueses, o Concurso de Composição Electroacústica, que dará lugar a um concerto de apresentação das obras premiadas e ainda as encomendas que a Miso Music Portugal realizou a vários compositores portugueses e que no decorrer do festival serão dadas a ouvir em primeira audição absoluta.

Ao todo, são 20 espectáculos, que põem lado a lado nomes consagrados e novos compositores e intérpretes. Já nas obras, é apresentado um total de 50, 40 das quais em primeira audição em Portugal e 17 em estreia absoluta. Vinte das peças apresentadas são de compositores portugueses incluindo o número revelador de 14 estreias.

A título de exemplo, logo na abertura, a 23 de Setembro, no Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, será apresentada em estreia absoluta “Peça para cordas”, de Pedro M. Rocha, e, em estreia nacional, “Trans” de Karlheinz Stockhausen.

O Festival Música Viva, que se realiza este ano pela 12ª vez, é uma iniciativa do Miso Music Portugal, com apoio financeiro do Instituto das Artes e co-produções e parceria com várias instituições, designadamente a Fundação Gulbenkian, CCB, OrchestrUtopica, Mosteiro dos Jerónimos, Orquestra Sinfónica Juvenil e Teatro Municipal Maria Matos.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This