filhodamaezdb_header

Filho da Mãe @ ZDB (26.01.2013)

Isto não é um Palácio

A convite da Galeria Zé dos Bois, Filho da Mãe, o alter-ego de Rui Carvalho, encontrou tempo no intervalo entre os seus dois primeiros registos de estúdio (aguarda-se novo disco para muito breve) para se lançar a uma sessão de uma hora de música composta para esta ocasião. Rodeou-se, ainda, de alguns amigos: os seus companheiros dos If Lucy Fell, Hélio Morais e Makoto Yagyu, e ainda o guitarrista João Nogueira.

Talvez quem tenha vindo à procura da guitarra acústica sozinha do “Palácio” de Filho da Mãe, munida apenas da inevitável máquina de loops, tenha encontrado um cenário um pouco diferente. Os territórios explorados acabaram por ser quase um intermédio entre isto e os terrenos mais sombrios trazidos dos If Lucy Fell: tudo isto sem descurar uma variação constante de ambiências, com expressão também nas mutáveis combinações de músicos que iam habitando o palco.

Poder-se-á dizer que a sessão assentou numa base experimental que extravasa os registos dos músicos que ali lhe deram vida: na verdade, foram construindo uma massa sonora que se foi mutando e viajando por várias dimensões, e o foco raramente faltou.

O início deu-se a quatro mãos, com o baixo de Makoto a ser lentamente acompanhado pela guitarra de Rui Carvalho, num jogo ambiental alimentado pelo feedback eléctrico dos instrumentos, que rapidamente abriu uma clareira para a acústica tomar terreno; este que foi talvez o que mais próximo se chegou aos registos de Filho da Mãe. A partir daqui, houve espaço para uma massa sonora que foi abrangendo as várias técnicas dos músicos, em uniões e em rupturas – se a banda conseguiu construir camadas de som que encheram e ainda se escapuliram pelas grandes janelas da galeria, no momento seguinte João Nogueira transformava, sozinho, o dedilhado da sua guitarra numa repetição atmosférica.

Este terá sido o resultado do encontro de quatro músicos que, sem grandes dúvidas, pouco têm a provar; mas, como grandes músicos, sem medo de enfrentar um território experimental que transcende as respectivas concepções.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This