fm17_keyart_rgb_lower_1471260388

Football Manager 2017 | Análise

Brilhante como sempre!

Entramos na época futebolística e os jogadores rapidamente começam a marcar nas suas agendas as datas de lançamento dos seus títulos preferidos de futebol. Normalmente, em primeiro lugar chegam os simuladores de futebol, com PES e FIFA, para logo a seguir chegar o simulador de treinador preferido de toda a gente: o Football Manager. Esta época não é excepção e Football Manager 2017 promete afinar ainda mais a experiência já muito bem conseguida que ofereceu aos jogadores no ano passado. Uma versão que já trouxe várias novidades e que, este ano com FM 2017, promete trazer ainda mais.

Sempre que instalo um Football Manager no meu PC, há um momento introspectivo em que páro e penso: “Carlos, tu vais ter de ter cuidado com este jogo… Tu não queres voltar a passar dias agarrado a isto”. O problema é que por muito que tente, o resultado é sempre o mesmo… horas e mais horas a fio de jogo em cada edição anual de Football Manager a explorar a potencialidade de uma equipa de futebol. E se há algo que sempre fiz e vou continuar a fazer pela minha equipa de eleição, o Sport Lisboa e Benfica (perdoem-me os adeptos das restantes equipas mas um adepto tem que assumir as suas cores) é potenciar os miúdos maravilha e levar a equipa ao estrelato com esses mesmos jogadores da prata-da-casa. Uma tarefa que durante muito tempo foi mera ficção mas que, agora com Rui Vitória ao leme das águias, é uma representação muito fiel da realidade.

Afinal de contas, o realismo sempre foi algo que definiu este jogo ao longo dos anos, com as suas bases de dados muito completas e fidedignas e que têm levado muitas equipas profissionais a usarem-nas nos seus departamentos de prospecção… Mesmo que sejam poucas as que assumem essa opção. Ver jogadores como Renato Sanches, Gonçalo Guedes, Gelson Martins ou André Silva  a brilhar pelas suas equipas na actualidade, depois de, anos antes, os termos usado nós próprios nas nossas equipas e feito deles enormes estrelas no nosso mundo virtual do futebol, dá-nos um poder extraordinário junto dos nossos amigos, qual Marty Mcfly que já sabe o que vai acontecer porque já lá esteve antes. “Eu não te disse que este tipo ia ser grande jogador? Eu disse…” Isto a muito se deve também à forma como os produtores abordam a forma como constroem as bases de dados, rodeando-se por uma rede de olheiros superior à de muitos clubes profissionais.

bop_me_new_camera

Seja como for, estamos aqui para falar da nova versão de Football Manager, uma versão que oferece muitas novidades. Mal iniciamos a nossa nova temporada e definimos o nosso perfil de treinador damos logo conta de uma delas. Por ali, podemos desde logo definir quais serão as nossas responsabilidades para com a equipa durante o nosso novo jogo. Algo que envolve o definir de quem comanda a equipa durante os jogos amigáveis, quem define os treinos a serem desempenhados durante a semana de trabalho e as definições de prospeção de mercado. Pessoalmente, porque gosto de assumir o controlo de todas as coisas, prefiro assumir todas as responsabilidades da equipa mas existem sempre jogadores que preferem uma experiência menos pesada e Football Manager 2017 oferece-lhes a oportunidade de o poderem fazer. Por outro lado, pela primeira vez num FM é possível definir o nosso avatar de treinador, sendo possível gerá-lo a partir de uma fotografia ou criá-lo a partir do próprio criador do jogo.

Ao nível do UI, toda a informação que vamos recebendo semanalmente, através da nossa equipa técnica, parece agora mais organizada e intuitiva. Num piscar de olhos, o jogador consegue chegar ao dado que lhe interessa, quando solicita determinado relatório da equipa. Uma enorme benesse em relação aos títulos anteriores onde parecia que a informação se dispersava por demasiados separadores. Agora, com alguma regularidade, a nossa equipa técnica vai apresentado várias sugestões, as quais podemos assumir ou não para a nossa equipa, todas condensadas numa só mensagem. Se tivermos algumas dúvidas ou quisermos saber mais sobre determinada sugestão, basta clicar na mensagem e vemos mais alguns dados. Para seleccionar uma opção ou outra que queiramos implementar na nossa equipa, basta clicar à frente das mensagens e as opções sugeridas pela equipa técnica são implementadas.

attention-to-detail-updated-club-data

À semelhança do que a EA Sports implementou com FIFA 17, Football Manager 17 introduz na série um novo separador, o Social Feed, dedicado às redes sociais e que tem também alguma influência nos ecrãs que vemos durante o nosso jogo. Através deste separador, vemos as últimas notícias a serem abordadas pelos fãs através das redes sociais, assim como as próprias mensagens dos clubes a anunciarem as suas movimentações no mercado de transferências. Por falar nisso, também aqui existem algumas novidades, como por exemplo quando tentamos comprar alguém apenas com o intuito de substituir um jogador nosso que já se encontra em negociações com outro clube. Nestes casos é possível accionar uma cláusula que só finaliza o negócio quando o outro negócio se concretiza. Também ao nível dos empréstimos há novidades, com cláusulas que se activam quando o rendimento em campo de um determinado jogador não estiver de acordo com o esperado, tornando possível o regresso ao clube de origem ou um novo empréstimo para outro clube onde possa jogar mais tempo. A nível de contratos há também várias novidades e as negociações tornam-se mais interessantes e detalhadas, tornando também o contrato de cada jogador específico para cada um deles. Podemos especificar logo à partida o tempo de jogo que terão na nossa equipa, assim como garantir algumas melhorias no clube caso aceitem juntar-se ao nosso plantel. Apesar de não ser essencial para a experiência manager, também o motor de jogo traz novidades com os jogadores a possuírem novas animações, com um momento novo de introdução aos jogos no qual podemos podemos assistir aos jogadores a aquecer e depois a entrarem em campo e a alinharem-se nas suas posições.

new-match-analysis-overview

Com Football Manager 2017, a Sports Interactive oferece a experiência de manager mais completa que alguma vez chegou ao mundo dos videojogos. Com a avalanche de informação que a série Football Manager começou a acumular nos nossos ecrãs, Football Manager 17 é uma lufada de ar fresco em relação ao ano anterior, graças ao reorganizar de toda a informação num só separador. Tudo parece mais organizado e é mais fácil chegar àquela informação que nos faz falta para preparar o nosso plantel para o próximo jogo. Também as mudanças nos contratos, transferências e empréstimos são mais do que bem-vindas e tornam as negociações muito mais interessantes. Tudo isto para tornar Football Manager 2017 numa experiência ainda mais sólida do que em anos anteriores e que cada vez se aproxima mais da realidade negocial que se esconde por detrás das primeiras páginas dos jornais desportivos. Estás pronto para levar a tua equipa ao topo?



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This