Fotojornalismo em exposição

World Press Photo 06 e 6º Prémio Fotojornalismo Visão/BES.

O Centro Cultural de Belém alberga, até 22 de Outubro, as fotografias vencedoras do mais consagrado prémio de fotojornalismo do mundo, o World Press Photo 2006, e o mais importante concurso português de fotojornalismo, o 6º Prémio Fotojornalismo Visão/BES. Em exposição encontram-se dezenas de imagens, divididas por categorias, que são um retrato marcante do ano de 2005, em Portugal e no resto do mundo.

Pedro Correia, fotojornalista do «Jornal de Notícias», foi o grande vencedor da 6ª edição do Prémio Fotojornalismo VISÃO|BES com uma fotografia tirada no funeral de um agente da PSP, morto na cidade da Amadora a 20 de Março de 2005. Esta fotografia, a preto-e-branco, retrata a profunda tristeza e emoção da família e dos colegas de profissão do agente morto em serviço. A opção do preto-e-branco e os sentimentos que tão inequivocamente esta fotografia retrata, dramatismo, comoção e perda, são intemporais, o que a tornam realmente única.

Em 2005, o prémio Visão/BES recebeu 5815 fotos de 204 fotógrafos, tanto freelancers como fotojornalistas, registando um número recorde de candidaturas. Destes milhares de fotografias o júri, presidido por James Nachtwey, um dos mais importantes fotógrafos de guerra de sempre, distinguiu 38 fotografias e 18 fotógrafos nas categorias: Reportagem, Vida Quotidiana, Retrato, Desporto, Natureza e Espectáculo.
As fotografias premiadas são um registo definitivo de 2005, por isso estão presentes imagens dos incêndios de Verão, da greve da Função Pública, mas também de festividades singulares em Portugal, como a “Batalha das Limas” em Ponta Delgada, e da passagem por terras lusas do espectáculo Fuerza Bruta dos De La Guarda.
Estas fotografias também podem ser vistas de 28 de Outubro a 19 de Novembro no Fórum da Maia, no Porto, estando as melhores fotos do 6º Prémio Fotojornalismo VISÃO|Banco Espírito Santo já reunidas em livro.
A World Press Photo é uma organização independente sem fins lucrativos, fundada em 1955, na Holanda. O seu principal objectivo é promover internacionalmente o trabalho dos profissionais da fotografia de imprensa. Por essa razão, instituiu o concurso World Press Photo que premeia anualmente o trabalho de fotojornalistas em todo o mundo.

Finbarr O’Reilly, fotógrafo canadiano da Agência Reuters, foi o grande vencedor do concurso World Press Photo 06 com a imagem do rosto de uma mãe, cuja boca se encontra coberta pela pequena mão da sua filha de apenas um ano. Esta fotografia foi captada num centro alimentar do campo de refugiados no Níger, que em 2005 registou a maior seca da sua história.

Simultaneamente bela e horrível, esta fotografia transpira impotência, desespero, compaixão, esperança, amor, dúvida… Mas sobretudo relembra-nos que a fome é um drama universal que está ao virar da nossa rua e que não pode ser esquecido. Entre inúmeras fotografias, que retratam guerras sangrentas e desastres naturais implacáveis, saiu vencedora uma fotografia que nos relembra dos laços profundos de amor e cumplicidade que ligam uma mãe e uma filha.

O poder da fotografia é imenso; as histórias que nos contam, as dúvidas que nos provocam, as realidades que nos trazem são inúmeras. Por isso, a exposição que se encontra patente no CCB, constituída por 205 fotografias, distribuídas em 62 painéis, é uma representação cativante dos acontecimentos do ano de 2005.

Um punhado de fotografias que nos transmitem, por exemplo, o amor incondicional de um jovem rapaz de 7 anos que abotoa a camisa do seu pai, privado de o fazer porque os seus braços foram barbaramente amputados durante a longa guerra civil na Serra Leoa, numa foto captada por Yannis Kontos; ou a fotografia de Michal Novotny que registou o olhar cego de fogo de um homem que faz parte dos cerca de 77 mil invisuais na Libéria.

Visitada anualmente por mais de dois milhões de pessoas, em quarenta países, a exposição World Press Photo é acompanhada por um livro que reproduz todas as imagens vencedoras e é publicado em seis idiomas. Em 2005 concorreram ao World Press Photo 06, 4448 fotógrafos, provenientes de 122 países, num total de 83044 imagens. Foram premiados 63 fotógrafos de 25 nacionalidades em 10 temas distintos.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This