gran-turismo-sport-listing-thumb-01-ps4-us-17may16

Gran Turismo Sport | Análise

Sete anos depois, Gran Turismo está finalmente de volta

Gran Turismo Sport marca o regresso de uma série de culto no mundo dos videojogos de corridas e o primeiro lançamento da franchise na PlayStation 4. Um jogo que pretende marcar uma nova era para a série da Polyphony Digital, com uma parceria assinada com a FIA e com uma grande propensão para o esports e para as corridas online.

A entrada no jogo com um vídeo perfeitamente orquestrado, quase como se de um filme de Steven Spielberg se tratasse, deixa-nos motivados para explorar os meandros de Gran Turismo Sport. Um jogo que, no departamento de imagem, parece não ter rival à altura. Desde a elegância dos menus, aos movimentos de câmara de apresentação dos carros, aos momentos em que recebemos um novo carro, tudo é feito com um toque de genialidade que não deixará ninguém indiferente. Gran Turismo Sport é lindo de se ver, com um aspecto sempre muito limpo e com bom gosto, mas repleto de detalhes ao mesmo tempo que enriquecem toda a experiência. Pormenores como o sol a brilhar nos carros e a forma como as cores reagem de forma autêntica só ajudam a que tudo conflua da melhor forma no departamento visual de Gran Turismo Sport.

No centro de toda a experiência Gran Turismo Sport está a competição online com o inovador modo Sport. Para começar podemos aceder aos eventos diários, as Daily Races, com intervalos curtos entre si e que permitem experiências relativamente curtas de jogabilidade competitiva. Enquanto os jogadores esperam pelas corridas, podem tentar melhorar os seus tempos nas pistas que acabam por funcionar como tempos de qualificação que duram durante todo o dia. Tendo isso em consideração, assim como os níveis de cada condutor e os índices de fair play, as mecânicas de matchmaking entram em acção e seleccionam e colocam um grupo de jogadores pronto a correr. A verdade é que senti sempre que estava a correr neste modo com jogadores do meu nível de experiência neste tipo de jogos e isso é de assinalar como uma excelente implementação deste inovador sistema de matchmaking que acontece na hora.

GTS_Screen_DragonTrail01_PS4_E32017_1497331066_1507738036

No entanto, Gran Turismo Sport foi desenhado para ser desfrutado na sua plenitude apenas se tivermos uma boa conexão de Internet. Caso não a tenhamos, ficamos restringidos apenas à sua versão offline onde só está disponível o separador arcade. Mesmo aqueles modos de jogo que não necessitariam de ligação, como a Driving School, o Mission Mode e o Circuit Mode, que fazem parte da campanha single player, estão completamente bloqueados sempre que esta não existe. Por outro lado, também a experiência parece muito limitada nesse aspecto já que aquela componente a que sempre nos habituámos na série, em que íamos desbloqueando conteúdo à medida que avançávamos no jogo, com as diferentes licenças (A, B, C, etc.) funciona de maneira diferente e é sobretudo menos desafiante. A campanha single player não se compara sequer remotamente àquilo a que estávamos habituados na série Gran Turismo nas anteriores gerações, embora tente de alguma forma preparar os jogadores para os desafios que as pistas lhes guardam. Seja como for, podemos passar completamente ao lado deste modo sem que isso interfira com o nosso acesso ao modo Sport. Para lhe aceder basta assistir a dois vídeos que apelam sobretudo ao desportivismo na pista e que, afinal de contas, é também um factor que é avaliado e que influencia o matchmaking de que vos falámos há pouco.

Gran Turismo Sport é um jogo que facilita a entrada a novos jogadores, com algumas opções que ajudam a condução e praticamente todos os carros são bastante acessíveis de controlar desde início, não deixando, no entanto, de parecerem únicos na forma como se portam na pista. Os jogadores mais perfeccionistas podem ainda afinar os carros a seu gosto, com opções que permitem alterar o peso e a força do carro, entre outras especificações. Também as pistas desempenham aqui um papel essencial, com algumas reais no meio de outras tantas que são pura imaginação da equipa da Polyphony Digital, mas que compõem um bom ramalhete de opções para que os jogadores nunca sintam a experiência repetitiva no modo Sport. É de assinalar a falta de algumas condições meteorológicas, como a chuva, mas que deverá ser incluída depois do lançamento. Não obstante, a meteorologia não é dinâmica e as condições que enfrentamos à partida são as mesmas que iremos encontrar à chegada.

GTS_Screen_DragonTrail03_PS4_E32017_1497331068_1507738034

Gran Turismo Sport é uma compra obrigatória para os fãs de simulação do desporto motorizado e que possuem uma PlayStation 4. Sobretudo se a competição online é a vossa paixão, então Gran Turismo Sport foi desenhado a pensar em vocês especialmente. É pena que a ligação tenha de estar sempre ligada para podermos ter acesso até às opções que não são online, mas é um factor que praticamente não condiciona os jogadores de hoje em dia cujas consolas estão praticamente sempre ligadas a uma conexão online, seja por wi-fi ou por cabo. Esta é uma nova janela para aquilo que a Polyphony Digital pretende fazer com a série e aquele jogo que volta a colocar a série Gran Turismo no seu devido lugar, junto aos grandes títulos de videojogos de corridas que têm sido lançados nos últimos anos. Bem-vindo de volta, Gran Turismo!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This