Grooverider e Simon

Drum’n’Bass Arena regressa ao Hard Club.

O Hard Club de Gaia recebe dia 19 de Junho mais um evento Drum`n`Bass Arena que contará com a presença de um dos mais importantes nomes do Drum’n’Bass mundial, Grooverider. Para completar a noite em beleza, junta-se-lhe Simon “Bassline” Smith, mentor da Technique Recordings.

Grooverider, ou Raymond Bingham, nasceu em 1967 em Londres e é uma das figuras essenciais do Drum’n’Bass britânico e da cena Darkside. Começou por passar Acid House, Hip Hop, Jazz e Soul em conjunto com a South London Sound System e a rádio pirata FAZE FM. Mais tarde, ganhou residência fixa ao lado de DJ Fabio no Rage Hardcore e não parou mais.

Depois de ter sido despedido do Rage Hardcore, dedicou-se a ser DJ a tempo inteiro no mesmo sítio e iniciou a sua incursão na produção. Lançou as suas primeiras faixas como Codename John na sua editora Prototype nos finais de 1993, quando o ragga e o jump-up reinavam. Com o tempo, a Prototype tornar-se-ia um sinónimo de drum’n’bass futurístico, mas que mesmo assim não recusava o conservadorismo normalmente associado à pista de dança.

“Grooverider, the Hardcore Provider”, como viria a ser conhecido, tem seguido atentamente a evolução do drum’n’bass desde as suas raízes no techno breakbeat até aos estilos mais contemporâneos como o ambient ou techstep. O seu programa de rádio, ao lado de Fabio, na BBC Radio 1 deu-lhe imensa notoriedade e tornou-se num dos programas de drum’n’bass mais respeitados do mundo.

Simon “Bassline” Smith é outro dos “grandes” do drum’n’bass britânicos. Influenciado pela sua paixão pelo underground funk, sou e hip hop, Simon começou a passar música logo aos 17 anos de idade. A alcunha “Bassline” surgiu depois de ter destruído a maioria das colunas nas primeiras festas em que actuou como DJ.

Pouco tempo depois de iniciar a sua carreira, muda-se para o Tenerife onde, pouco tempo depois da sua chegada, já actuava numa das maiores discotecas locais e reunia uma série de fãs.

Em 1990, regressa a Inglaterra para preencher uma vaga numa das maiores organizações de dança inglesas, a Time, na cidade de Birmingham ao lado de Mickey Finn, Grooverider e Fabio. Nesta altura, dá-se um enorme avanço na cena musical com Simon “Bassline” Smith a ser a face visível desta nova música (Jungle), mais conhecida como drum’n’bass.

No ano seguinte, lança a sua produtora, Absolute 2 recordings, que seria responsável pelo lançamento de produtores legendários como Doc Scott. Só em 1992 é que Simon se dedica às produções como Smith Inc – “The music and Life E.P” que foi um sucesso instantâneo.

Desde aí, participou em inúmeras colectâneas e marcou presença nos maiores clubes de dança mundiais. Actualmente, vai mantendo as suas residências ao longo de toda a Inglaterra e decide, finalmente, visitar Portugal com todos os seus grandes hits na bagagem.

A não perder, dia 19 de Junho, no Hard Club de Gaia.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This