Gsus

Do Norte da Europa mais liberal directamente para Portugal.

eu Todos nós sabemos as diferenças e o atraso que o nosso maravilhoso país tem em relação a muitos dos nossos vizinhos Europeus. Esse atraso não existe apenas a nível económico ou cultural. A diferença de estilos será o futuro e é o resultado de uma globalização crescente, à qual portugal inevitavelmente não ficará alheio. Um dos factores positivos desta dita “globalização” é a possibilidade de termos acesso a objectos e marcas com uma maior facilidade. Uma das marcas que tem ganho algum destaque nos últimos tempos é a Gsus.

Para conhecer um pouco mais sobre esta marca, recuemos onze anos até ao já longínquo ano de 1993. Dois designers holandeses, Jan Schrijver e Angelique Berkhout, conheceram-se através do trabalho realizavam como free-lancers para um cliente comum e, em conjunto com Peter Steenstra, decidiram iniciar a sua própria companhia, abrindo uma primeira loja em Arnhem na Holanda. Com o slogan “Gsus is coming”, tentaram criar uma loja onde fosse possível encontrar uma mistura de estilos e de tendências: marcas tipicamente “streetwear”, combinadas com marcas desportivas e de “clubwear”. A loja serviu como balão de ensaio para o lançamento da Gsus, que iria acontecer pouco tempo depois, trazendo de volta algumas tendências dos anos 70, como por exemplo as t-shirts coloridas e mais apertadas numa altura em que o tamanho XL dos “skaters” era a moda vigente. O interesse foi imediato e nasceu assim a primeira colecção da Gsus.

O nome escolhido foi um dos alicerces para o sucesso da marca. O “G” da marca simboliza a indivualidade global e o próprio nome demonstra uma atitude positiva perante a moda, com muito humor à mistura. Existe um grande afecto entre os praticantes de desportos radicais com a marca e os slogans utilizados evidenciam essa relação que demonstra o caracter revolucionário e controverso que os responsáveis pretendem transparecer.

A principal preocupação da marca é investir nas pessoas e nas colecções e, devido a isso, a publicidade é muitas vezes deixada para segundo plano. A não-existência de grandes planos de publicidade poderá ter sido uma boa estratégia de marketing, pois a Gsus conseguiu criar um “hype” em torno de si, alcançado um conjunto de clientes de diversas “tribos” e classes, que vão desde “skaters” a dj’s, conseguindo fugir a um público específico. A preocupação de um estilo individual que combine uma atitude desportiva com a preocupação de não fugir às novas tendências da moda, tornou-se na principal imagem da marca.

É sem dúvida uma boa escolha para aqueles que se preocupam com as novas tendências da moda mas ao mesmo tempo têm um espirito ainda um pouco conservador e menos arrojado para optar por marcas e peças mais elaboradas. A própria relação qualidade/preço é bastante razoável, o que demonstra a tentativa da marca em conquistar o mercado como um todo e não só uma parte dele.

Para saber em que lojas podem encontrar esta marca no nosso país, visitem a morada oficial da marca na Internet onde se encontra a lista de todas as lojas divididas por regiões.

Fotografia por Gsus



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This