“Henderson’s Boys – A Arma Secreta” | “Robert Muchamore”

“Henderson’s Boys – A Arma Secreta” | Robert Muchamore

Espionagem, versão teenager

Britânico natural de Islington, Robert Muchamore é hoje um dos mais respeitados autores de livros de aventuras em forma de espionagem para adolescentes. Depois de várias experiências laborais e no seguimento de mais de uma década como detetive privado, Muchamore decidiu dedicar-se à escrita.

Verdadeiramente empenhado nos enredos dos seus livros, tem por hábito fazer estudos meticulosos sobre as matérias que quer aprofundar, demorando meses na elaboração de cada obra. Herdou este método profundo da anterior profissão de detetive e, essencialmente, para não desapontar os seus mais acérrimos fãs – os seus sobrinhos – que, em tempos desgostosos e com o que andavam a ler, desafiaram o tio a criar algo diferente.

Dessa pequena provocação nasceu a série CHERUB, um conjunto de fantásticas aventuras que vão encantando jovens um pouco por todo o mundo e que, só em Portugal, vendeu já mais de 370 mil exemplares.

Curiosamente ou talvez não, para além dos jovens que seguem atentamente a carreira do autor de livros como “Um Dia Negro” e “A Evasão”, são os pais que também sublinham a importância de Muchamore, pois o britânico é sinónimo da – infelizmente parca ainda que gradual – relação intima entre a juventude e a literatura. Segundo responsáveis da Porto Editora, são muitos os pais que perguntam quando se editam mais livros deste autor, agradecendo aquilo que o mesmo faz pelo despertar da consciência literária dos nossos Homens de amanhã.

No seguimento dessa convergência de vontades, eis que já se encontra nas livrarias “Henderson’s Boys – A Arma Secreta” (Porto Editora, 2014), mais uma fabulosa aventura da CHERUB que, neste capítulo, leva o leitor até aos primórdios das origens da organização que se assume como o braço juvenil do MI5 britânico.

Muchamore faz-nos recuar no tempo e no calendário até à Grã-Bretanha em meados de 1941. O governo prepara um exército secreto composto por agentes ultrassecretos que tem como missão trabalhos infiltrados de forma a conseguirem reunir informação e planear operações de sabotagem.

Entre os eleitos estão os agentes de Henderson, que vestem a pele de uma nova arma secreta: crianças, vítimas de guerra, que se preparam para o maior desafio de suas vidas. A missão é saltar de paraquedas para território inimigo, percorrer o país e ser mais inteligente que os adultos que os esperam do outro lado das linhas inimigas. Para aguçar ainda mais o mistério, oficialmente estas crianças não existem.

Se este “Henderson’s Boys – A Arma Secreta” é obviamente um livro muito aguardado pelos inúmeros fãs de Robert Muchamore, é também uma janela de oportunidade para aqueles que desconhecem a obra anterior do ex-detetive privado entrarem num mundo de aventuras ímpar que vicia a cada página.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This