Hoje sinto-me…Madalena Moniz

Hoje sinto-me…

Sentimentos e emoções de A a Z

Um livro que é um diário sem calendário, feito para qualquer dia, de qualquer estação, de qualquer ano, de qualquer idade. Um livro que, mesmo com parcas palavras, exala poesia, emana ideias, transpira emoção.

“Hoje sinto-me…” (Orfeu Negro, 2014) é um álbum ilustrado onde cada plano junta uma palavra a uma ilustração. Autênticos retratos de estados de espírito, um folhear deslumbrado de como se sente a personagem, de como nos sentimos todos num dia assim. Porque cada dia é uma aventura, um turbilhão de reações, ações e sensações, porque os sentimentos acompanham tudo o que vivemos e sonhamos e pensamos e queremos. Então, reúnem-se neste livro palavras certas para momentos ora incertos ora completos, para dias imensos ou para instantes sofridos.

Madalena Moniz, autora do texto e das ilustrações, escolhe de A a Z as emoções menos óbvias para sentimentos comuns, mostrando-as tão simples, tão próximas, nas suas ilustrações pintadas a aguarelas e a tinta-da-china. Otimista, nervoso, baralhado ou revoltado, o personagem pinta aquilo que sente em traços especiais, dotados da complexidade que têm as coisas que se sentem e nem sempre se conseguem explicar.

“Hoje sinto-me…” não fecha a porta quando chega ao Z, obrigando-nos a escolher entre 26 palavras qual a que melhor descreve aquilo que trazemos connosco, naquele momento, cá por dentro, do coração ou da cabeça. Na verdade, é deixado espaço para que cada um encontre e registe a sua aventura emocional de A a Z, para que cada dia tenha um sentimento feito palavra, para que uma coisa sentida seja ali perpetuada.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This