homeoffice-organizar-espaco-trabalho-casa

Home-office

como organizar o seu espaço de trabalho em casa?

Se, até há bem pouco tempo, trabalhar a partir de casa era sinónimo de “luxo”, depois de quase um ano e meio de pandemia, o teletrabalho deixou de ser visto como um modelo “pária” dentro das empresas para se afirmar como uma excelente forma de flexibilizar e garantir que o trabalho continuaria a ser realizado mesmo com o país confinado.

Como quem já montou o seu espaço de home-office em casa sabe, o processo não está livre de obstáculos. Falta de espaço, má ou inexistente conexão à Internet, privacidade e ausência de mobiliário adequado, são algumas dessas dificuldades, mas nada que uma boa organização não possa resolver.

Etapa a etapa, venha connosco aprender a organizar o seu home-office:

Etapa 1 – Recorrer a uma self storage

O espaço, ou a falta dele, é a maior das dores de cabeça de quem começa a aventura do teletrabalho, especialmente se divide a habitação com mais alguém ou vive numa casa que já se debate para poder acomodar mais uma cadeira.

Começar a encaixotar o que acha dispensável é uma boa ideia, mas depois virá, inevitavelmente, a pergunta: onde colocar os caixotes?

Se, apesar de tudo, o dispensável ainda não é digno de ir para o lixo e está fora de questão pedir a um amigo que lhe guarde as suas coisas, recorrer a uma self-storage pode ser uma boa e poupada ideia.

Na prática, as self-storages, é o termo que denomina o ato de armazenar os nossos bens recorrendo a unidades de armazenamento concebidas para o efeito disponibilizadas por empresas especializadas e que e que permitem acondicionar, entre outras coisas, móveis, eletrodomésticos, roupas ou documentos.

Em Lisboa, por exemplo, cidade sob forte pressão imobiliária e onde o espaço não abunda, é casa da All Storage, empresa especialista no aluguer de armazéns, arrecadações e self storage que oferece aos lisboetas um conjunto de excelentes alternativas de armazenamento a nível de dimensões e preços, inclusive para quem procura organizar o seu home-office.

Um mini armazém em Lisboa da All Storage pode variar entre 1m2 e 25 m2, é convenientemente ventilado, tem meios de apoio ao transporte dos seus bens, está acessível 24 horas por dia e ainda vem com a possibilidade de arrendamento com fechadura eletrónica.

Desde que não seja ilegal, perigoso, inflamável, perecível ou que esteja vivo, os vários mini armazéns disponibilizados pela All Storage na capital podem armazenar um pouco de tudo por um período mínimo de um mês.

Etapa 2 – Escolher o local adequado

Se já fez a “dieta” necessária à casa, chegou a altura, se ainda não tinha pensado nisso, de escolher o local onde vai montar o seu home-office.

Neste processo de seleção, leve em conta fatores como a boa iluminação natural, o arejamento e a cor do espaço. Todos eles têm uma influência significativa na sua produtividade, incluindo a cor das paredes que, embora lhe possa parecer despicienda, pode revelar-se não só um foco um foco de distração, como também pode provocar cansaço visual, especialmente no caso de cores muito vivas. O ideal passa por manter as cores do ambiente em tons neutros.

Etapa 3 – Verificar a conexão à Internet

Para além dos fatores de ordem estrutural, tenha sempre em atenção a força do sinal de Internet que recebe no local que escolheu para o seu home-office porque lembre-se, sem uma boa ligação à Internet nesse espaço não há teletrabalho que resista.

Verifique o sinal de wi-fi do local e/ou pondere pedir um router extra.

Etapa 4 – Equipar o home-office

Cadeira e mesa

Pode nem dar por isso, mas as más posturas corporais prolongadas no tempo não são amigas da sua coluna. Por isso, quando estiver a equipar o seu home-office opte por uma cadeira ergonómica, vai poupar-lhe, literalmente, muitas dores de costas e cabeça.

Escolhida e colocada no lugar a cadeira, arranje uma mesa à medida das suas necessidades e procure centrar o monitor do PC diretamente em frente a si. Colocar o monitor sem ser alinhado ao centro pode provocar dores no pescoço e nos ombros.

Ainda no campo da ergonomia, alinhe os olhos com a parte superior do nível do ecrã, o ideal será uma altura de visualização de 2 a 3cm abaixo da parte superior do monitor.

Armários e estantes

Ainda que o digital promova a poupança de papel, existirá sempre um dossier a consultar ou documentos a arrumar. Por isso, procure equipar o seu home-office com um armário ou uma estante. Para além da natural organização e arrumação, este tipo de mobiliário ajudá-lo-á a emular o ambiente que normalmente encontraria no escritório da sua empresa com claros ganhos de produtividade e atenção.

Duplo monitor

Sem embargo daquilo que dissemos acima quando falamos da ergonomia, um estudo promovido pela Samsung revelou que o uso de dois monitores aumenta em 28% a produtividade dos utilizadores.

Durante os testes que serviram de base ao estudo, quem utilizou o monitor extra conseguiu reduzir o tempo para a realização das tarefas, tornando o trabalho mais rápido e eficiente.

Bloco de notas e canetas

Apesar de toda a tecnologia, escritório que é escritório ou home-office que é home-office não pode passar sem um bloco de notas e canetas em cima da mesa para manter registos diários de tarefas, ideias ou anotações rápidas.

Etapa 5 – Utilizar ferramentas de produtividade e evitar distrações

Numa espécie de “combate do fogo pelo fogo”, à tecnologia que lhe vai permitir efetuar o seu teletrabalho junte-lhe ferramentas de produtividade, como o Google Now ou o TomatoTimer.

O Google Now é uma app que facilmente pode ser descarregada para um dos seus dispositivos móveis para desempenhar a função de assistente pessoal (faz pesquisas na Internet, envia mensagens e toma notas através de um comando de voz). Já o TomatoTimer é um relógio, baseado na metodologia Pomodoro, que o ajuda a concentrar-se numa tarefa específica durante 25 minutos.

Depois de tudo preparado e verificado, chegou a altura de, caso se verifique, informar quem vive consigo que não deve ser interrompido durante o horário de trabalho. Defina momentos de pausa e não se deixe distraia com as suas redes sociais durante o expediente.



There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This