iN.Finito

“Toda a gente é criança até morrer e velhos são os trapos”. Quando se metem jovens a tratar do tema da vida, o resultado só pode ser um extravasar da alma. Neste espectáculo, onde a vida é uma viagem contínua e nunca acaba, com paragens e recomeços, não existem idades, não existe uma massa incolor, existem sim, vivências e indivíduos.

O ciclo da vida vai até ao fim e de novo até ao princípio. Um mundo real cuja mente não pára para pensar nele. Um embrião, “um fanado”, um amor e um amparo da morte.

Eis uma reflexão, onde paramos para recordar, reflectir vivências e experiências de vida.

Já és um trapo ou conseguiste salvar a tua criança?

Ficha artística

Encenação: Andrzej Kowalski
Coordenador 2.ºano/ Coordenador Área Corpo: Pedro Nascimento
Interpretação: 2.º IAC
Cenografia, Figurinos, Adereços, Luz, Som e Montagem: 2.º CenFA
Produção Executiva: Chapitô / EPAOE
Apoio Técnico: Ana Salbany, Marta Franco, Samuel Rodrigues, Audiovisuais
Direcção: Teresa Ricou, Orlando Garcia, Irene Alvim
Coordenação EPAOE: Irene Alvim, Sílvia Barros

“Ao aceitar a encenação deste exercício-espectáculo confrontei-me com dois interessantes desafios: construir de raiz um espectáculo sobre um tema tão “infinito” com gente jovem que mal começaram a “viagem” e o outro, prescindir da palavra. O mistério da vida só pode ser tentado “explicar” pela poesia ou pela filosofia. Optamos por substituir a poesia da palavra pela poesia do movimento do corpo, luz, música – pois estamos na Escola de Artes e Ofícios de Espectáculo onde as técnicas circenses estão em destaque.”

Andrzej Kowalski

Exercício – Espectáculo
2.º Ano 2012
iN.Finito
19, 20 e 21 de Junho, 22h
Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva
Entrada Livre



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This