InJAZZ

A primeira edição do festival que quer tirar a exclusividade do Jazz às grandes cidades decorre entre 7 e 9 de Abril em Évora

A primeira edição do festival “InJAZZ” decorre entre os dias 7 e 9 de Abril em Évora, numa tentativa de promover e descentralizar o Jazz, ao mesmo tempo que ambibiona conquistar a adesão de novos públicos. O evento, organizado pela Lado B e JACC – Jazz ao Centro Clube, decorrerá durante todo o mês, visitando ainda os concelhos de Alcobaça, Aveiro, Faro, Montemor-o-Velho e Vila Nova de Famalicão.

Os vários espectáculos de jazz serão complementados por workshops, uma feira do disco, exposições e concertos didácticos. Em Évora, o festival vai decorrer no Teatro Garcia de Resende, com abertura marcada para quinta-feira, a cargo do Afonso Pais Trio, liderado pelo guitarrista Afonso Pais, acompanhado por Carlos Barretto no contrabaixo e Alexandre Frazão na bateria, que estreou-se no final do ano passado com “Terranova”. No mesmo dia sobe também ao palco o pianista Bernardo Sassetti.

Na sexta-feira João Paulo, músico que se divide pelo jazz e pela música popular, interpreta um solo de piano. Este dia é encerrado pelo Quinteto Mário Santos, composto por Mário Santos (sax tenor), José Pedro (sax tenor), Rui Teixeira (sax barítono), António Augusto Aguiar (contrabaixo) e Michael Lauren (bateria).

No último dia do “InJAZZ”, sábado, o Filipe Melo Trio, interpretará a sua música de influência norte-americana. O projecto “Filactera Redux”, liderado pelo guitarrista Mário Delgado e com a participação de Alexandre Frazão (bateria) e Jesse Chandler (hammond), fecha a primeira edição deste festival, evocando a memória da banda desenhada.

O festival arranca no fim-de-semana de 7 a 9 de Abril, em Évora e Faro, retomando depois, de 21 a 23, em Alcobaça e Vila Nova de Famalicão, terminando no último fim-de-semana do mês, de 28 a 30, em Aveiro e Montemor-o-Velho.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This