Jay Jay Johanson

O músico sueco traz este mês a Portugal todos os grandes sucessos de dez anos de carreira.

O músico sueco Jay-Jay Johanson (para nós Jay Jay) vai deslocar-se a Portugal para realizar dois concertos. Os espectáculos decorrem nos dias 17 (Lisboa, Aula Magna) e 18 de Dezembro (Porto, Teatro Sá da Bandeira), nos quais será apresentado “Prologue”, uma colectânea que reúne alguns dos maiores êxitos dos dez anos de carreira do músico.

Com uma carreira bastante interessante a nível europeu, Jay Jay foi um dos primeiros impulsionadores da cultura electro-pop nórdica, dando a conhecer as potencialidades dos músicos oriundos do norte da Europa. Praticamente “marginalizado” na sua terra natal, Jay Jay é um dos músicos mais respeitados na Europa e a sua música tem recebido rasgados elogios por parte da crítica europeia. Portugal não é excepção.

Se nos primeiros álbuns predomina o house/lounge muito ao gosto dos franceses, o último registo, “Antenna”, surge como uma viragem do sueco para os caminhos da pop. Foi com este último álbum que Jay Jay conseguiu alargar a sua visibilidade “comercial” na europa, principalmente no mercado sueco, acimentando o seu nicho de seguidores.

Como o próprio nome indica, “Prologue – The Best of The Early Years 1996-2002” é muito mais que uma compilação dos melhores êxitos da sua carreira. Se por um lado encontramos temas incontornáveis da sua discografia, como os mais recentes “On the Radio” e “Automatic Lover”, somos também surpeendidos com cinco temas que nunca tinham sido editados entre os quais uma versão do velhinho “So Tell the Girls That I Am Back in Town”, um dos mais emblemáticos temas do sueco.

Esta nova versão surge na compilação com a preciosa ajuda de Sami Sirviö, que empresta ao tema algumas notas de guitarra, tornando-a bastante mais dançável. Este piscar de olho às pistas de dança pode ser o ponto de partida para uma nova fase da sua carreira.

Os concertos em Portugal prometem ser um bom indicador para perceber qual o caminho que o músico vai seguir no futuro, mas obviamente que irão ser uma homenagem aos temas que fizeram de Jay Jay Johanson um dos pilares da pop electrónica europeia.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This