rdb_artigo_kaiserchiefs

Kaiser Chiefs

São cada vez mais amigos dos palcos nacionais, e ao terceiro disco de originais prometem mandar abaixo os Coliseus de Lisboa e Porto no final do mês. Vemo-nos por lá?

Os britânicos Kaiser Chiefs estão de regresso a Portugal para apresentar o seu novo álbum, “Off With Their Heads”, em dois concertos nos Coliseus do Porto e Lisboa, dias 31 de Janeiro e 1 de Fevereiro, respectivamente. Pretexto mais que suficiente para um balanço de carreira do grupo de Leeds, banda formado por Nick Hodgson, Ricky Wilson, Nick “Peanut” Baines, Simon Rix e Andrew “Whitey” White, sempre com o novo disco como ponto de partida.

O disco de estreia dos Kaiser Chiefs, “Employment”, foi editado em 2005, pese embora que a formação da banda remonte a 1997. O vocalista Ricky Wilson foi o último a aterrar na formação, tendo sido recrutado graças à sua prestação numa banda de tributo aos Rolling Stones. O punk e a new wave foram as motivações maiores das primeiras canções do grupo, desde sempre inspirado por nomes como The Kinks. “Employment” acabou por ser nomeado para o prestigiado Mercury Prize, lado a lado com nomes como Coldplay, M.I.A., Bloc Party ou os vencedores desse ano, Antony & the Johnsons. “Yours Truly, Angry Mob” chegaria em Fevereiro de 2007 e, apesar de ter garantido o único número um da banda em termos de singles em mercado britânico (graças a «Ruby»), a verdade é que a recepção crítica e comercial não foi a melhor. Algo que “Off With Their Heads” tem vindo a recuperar para a banda, que, em jeito de curiosidade, ainda recentemente declarou “amor” ao disco dos Vampire Weekend.

Em ano de bons regressos da escola pop britânica dos últimos anos (Oasis, Coldplay, Keane) os Kaiser Chiefs procuram descolar-se, em “Off With Their Heads”, da banda de estádio que gerou o antecessor “Yours Truly, Angry Mob”. Mark Ronson, o produtor do momento, marca presença de forma discreta num trabalho que cumpre o principal objectivo a que se propõe: dinamizar repertório para o palco, ainda e sempre o melhor local para se tomar contacto com os Kaiser Chiefs no seu habitat natural.

O primeiro single retirado do seu novo álbum, «Never Miss a Beat», conta com as participações de Lily Allen e alguns dos membros de New Young Pony Club nos coros. Lily Allen também faz vozes para o tema «Allways Happens Like That», entre outras colaborações.

Portugal e os Kaiser Chiefs. Foram já diversos os concertos da banda de Ricky Wilson no nosso país, e as memórias guardam acima de tudo espectáculos dotados de energia tal que são poucos os que conseguem ficar imunes ao vendaval de pop britânica do quinteto. Marquem na agenda: 31 de Janeiro, Coliseu do Porto, 1 de Fevereiro, Coliseu de Lisboa. As entradas valem entre €28 e €35, mas a experiência, essa, poderá não ter preço. Eles que venham inspirados.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This