KH2.8fcp_rgb_Wt

Kingdom Hearts HD 2.8 Final Chapter Prologue | Análise

Uma colecção que serve de aperitivo para o muito esperado Kingdom Hearts III

A espera por Kingdom Hearts III já vai longa, mas a Square Enix não se tem evitado de, volta e meia, nos ir avivando o hype pelo próximo capítulo com vários lançamentos. Ainda na PlayStation 3 vimos serem lançados Kingdom Hearts HD 1.5 Remix e Kingdom Hearts HD 2.5 Remix e agora chega à PlayStation 4 a compilação Kingdom Hearts HD 2.8 Final Chapter Prologue. Desta feita, a Square Enix oferece neste pacote três produtos: a edição remasterizada em HD de Kingdom Hearts: Dream Drop Distance que havia sido lançado na 3DS em 2012; Kingdom Hearts χ Back Cover, um filme com uma hora de duração e que ajuda a explicar as origens do universo de Kingdom Hearts; e ainda Kingdom Hearts 0.2: Birth by Sleep – A Fragmentary Passage, um novo jogo cuja história acontece depois dos eventos do primeiro Kingdom Hearts: Birth by Sleep e que serve de prólogo para Kingdom Hearts III.

Kingdom Hearts 0.2: Birth by Sleep – A Fragmentary Passage é a maior atracção de todo o pacote, colocando-nos no papel de Aqua. Esta personagem, após o final de Birth by Sleep, fica presa no reino da escuridão e é precisamente nesse momento que começamos a nossa aventura. Possuidor de um renovado e brilhante aspecto visual, A Fragmentary Passage é um vislumbre do que podemos esperar de Kingdom Hearts III na PlayStation 4. As mecânicas de combate habituais na série surgem revigoradas e repletas de uma fluidez não muito habitual no género JRPG. Algo que talvez só encontre semelhança no recente lançamento de Final Fantasy XV. O trabalho artístico nos cenários, sempre uma coqueluche na série, e a integração do Unreal Engine 4 em Kingdom Hearts torna tudo ainda mais espectacular na PlayStation 4. Algo que potencia ainda mais os pormenores visuais dos poderes de Aqua e que torna Kingdom Hearts 0.2: Birth by Sleep – A Fragmentary Passage numa maravilha visual a correr a 60 fps. Apesar de ser claramente a melhor oferta deste pacote Kingdom Hearts HD 2.8, a longevidade é curta. Toda a aventura de Aqua pode ser terminada em pouco mais de 3 horas, existindo no entanto a hipótese (para aqueles que gostam de completar todo o conteúdo de uma aventura) de desfrutarem do modo New Game+ com acrescida dificuldade depois de terminado o jogo pela primeira vez. Além disso, contem ainda com vários acessórios para desbloquear que alteram o aspecto físico de Aqua.

Quanto à remasterização de Kingdom Hearts: Dream Drop Distance em HD, o jogo sofreu melhoramentos significativos no seu aspecto, relativamente ao lançamento original na 3DS. É impressionante a qualidade ao nível dos modelos 3D que estava escondida no lançamento da portátil da Nintendo e que agora podemos ver em todo o esplendor HD na PlayStation 4. Alguns aspectos da jogabilidade foram também retocados, sobretudo os que estavam directamente ligados ao touchscreen da Nintendo 3DS, em prol de uma agora compatibilidade com o DualShock 4. A nível de longevidade, os jogadores podem esperar uma aventura de cerca de 30 horas e algumas mecânicas interessantes como os Dream Eaters, companheiros que podemos treinar, um pouco ao estilo da série Pokémon, assim como a mecânica Drop que força os jogadores a alternarem entre Rikku e Sora com limites de tempo. Uma mecânica que à partida pode parecer limitativa para o jogo, acaba por adicionar um factor diferente à jogabilidade e tornar as coisas mais interessantes, já que obriga os jogadores a valorizarem de uma forma inteligente o tempo de jogo de cada personagem.

Por último, a componente menos interessante desta colecção assenta no filme Kingdom Hearts χ Back Cover que nos conta parte das origens da série e de eventos que depois darão origem à Keyblade War. Esta entrada na colecção é apenas um filme, sem qualquer tipo de jogabilidade habitual na série. Ao mesmo tempo que responde a algumas perguntas para as quais os fãs procuravam resposta há muito tempo, Kingdom Hearts χ Back Cover acaba por criar outras tantas perguntas. Por outro lado, apesar de estar muito bem conseguido a nível visual, a passada do filme é lenta e os cerca de cinquenta minutos demoram a passar.

KH0_1442308958.2BBS_01

Kingdom Hearts HD 2.8 Final Chapter Prologue é uma colecção de conteúdo muito virada para os fãs de longa data, sendo o sítio errado para qualquer jogador se iniciar na série. O conteúdo que aqui surge presume que o jogador já conhece as anteriores entradas e a complexa narrativa do universo Kingdom Hearts. A colecção vale sobretudo pelo impressionante Kingdom Hearts 0.2: Birth by Sleep – A Fragmentary Passage que abre portas ao muito esperado Kingdom Hearts III. Aquilo que a Square Enix aqui mostra é que Unreal Engine 4 assenta que nem uma luva no franchise e o maravilhoso mundo de Kingdom Hearts surge renovado e pronto a entrar nesta geração de consolas cheio de vigor. Mal podemos esperar pelo regresso de Sora…



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This