DSC_3695

KITCHEN CHIADO

Sabores bem portugueses no centro de Lisboa

Foi no início do ano que o Kitchen Chiado abriu as portas à cidade. Já lá vai o tempo em que o número 21 da Rua de São Pedro de Alcântara era ocupado pelo Orange (caracterizado pelos jantares de grupo académicos), dando agora lugar a um espaço totalmente renovado que merece uma visita.

A decoração é cuidada e elegante mas o ambiente é descontraído e facilmente se sentirá em casa, não só pelo mood tranquilo do restaurante – que é uma autêntica sala de estar -, como também por todo o staff prestável e muito simpático. Filipe Paiva, cozinheiro e gerente do restaurante, partiu precisamente da premissa do conforto quando idealizou o Kitchen Chiado: «Quis criar um projecto onde eu me visse e sentisse bem. Gostamos de receber as pessoas, que fiquem e se sintam confortáveis».

DSC_3698

DSC_3763

Aos 26 anos, Filipe abriu o seu primeiro restaurante com a ajuda da família, depois de uma mudança de vida que o fez abraçar o mundo da cozinha: «Tive uma pequena experiência no Mercado de Fusão no Martim Moniz, onde tivemos um quiosque chamado Love Lisbon, um projecto de Verão. Sempre gostei muito de cozinhar embora estivesse noutra área. Estudava medicina dentária, deixei o meu o curso e optei pela área de cozinha», conta. «Depois do Love Lisbon, fiz mais um ano de faculdade. Acabei por deixar e durante esse ano projectei o espaço que gostava de montar. Fiz um estágio numa cozinha profissional, o restaurante Belcanto, para ganhar mais experiência, porque não tenho formação em cozinha», revela com um brilho no olhar, apesar do cansaço evidente.

Foi com base na cozinha tradicional portuguesa, comida de conforto por excelência, que Filipe resolveu testar receitas e apresentar uma carta composta por vários petiscos, carnes e duas opções de peixe. Ficámos nas mãos do jovem chef que nos guiou nesta viagem gastronómica.

Para abrir o apetite, foi servido o couvert e um espumante rosé, o welcome drink da casa. Como entradas, Filipe preparou-nos as bolinhas de alheira (9,50€), cogumelos recheados (8,50€) e pica-pau (9,50€). A maciez da alheira recheada com queijo da serra em contraposição com a base tostada confere um equilíbrio perfeito em termos de textura e um sabor único. Os cogumelos são recheados com creme de ervas, tomate e bacon, dando-lhe um aroma autêntico. O pica-pau podia correr o risco de ser apenas mais um pica-pau qualquer, mas felizmente não é o caso. A vitela é extremamente tenra e bem temperada em vinha d’ alhos e aquele molho… Depois de mergulhar o pão no molho, não vai conseguir parar.  Palavra de quem já provou muita coisa boa por aí.  

DSC_3743

Bolinhas de alheira

DSC_3744

Cogumelos recheados

Pica-pau

Pica-pau

Como pratos principais, provámos o bife do lombo à Kitchen (22,50€) e lombinho de porco Kitchen Chiado (15,50€). O primeiro é a estrela da companhia: regado com um molho especial da casa com queijo da serra gratinado no forno. Se não é bom garfo, este prato não é para si. Prepare-se para encontrar um bom naco suculento, enaltecido com um queijo da serra bem intenso, acompanhado com batatas fritas cortadas finamente às rodelas. Destaque para o vinho, um tinto Tapada d’ Elvas de 2015, que acompanha perfeitamente os sabores fortes. Já o lombinho de porco é grelhado e menos calórico, mas não menos saboroso. O molho de natas é leve e nada enjoativo. Este prato é guarnecido com rúcula e batata frita palitada.

Bife à Kitchen

Bife à Kitchen

Lombinhos de porco

Lombinhos de porco

Por fim, as sobremesas. Filipe serviu-nos um bolo de chocolate com gelado de nata (4,50€) e uma waffle com gelado de nata (4,50€). A waffle é deliciosa, no ponto certo de açúcar, ligeiramente crocante por fora e macia por dentro. Por sua vez, o bolo abusa (e bem) do chocolate. O gelado dá-lhe textura e frescura, mas por ser de nata prolonga a doçura excessiva do bolo (nada que uma alteração de sabor de gelado não resolva).

Waffle com gelado

Waffle com gelado

Bolo de chocolate com gelado

Bolo de chocolate com gelado

Quando pensar num sítio novo para almoçar, jantar ou petiscar a qualquer hora do dia (sim, estão abertos também durante toda a tarde!), lembre-se do Kitchen Chiado. Apesar de estar a dar os primeiros passos na restauração, Filipe já mostra ter boa mão na cozinha e promete colocar o seu acolhedor restaurante no roteiro de novos spots da capital.
Nós, habitués da cena gastronómica lisboeta, garantimos: este é apenas o início de uma bela história que o Kitchen Chiado irá escrever.

Fotografia de Ricardo Freire Mateus

Kitchen Chiado
Rua São Pedro de Alcântara, nº 21, Lisboa
963 292 560
Aberto de Segunda a Quinta das 12h às 24h | Sextas e Sábados das 12h às 2h
Encerra ao Domingo



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This